Por que os problemas nunca acabam por mais que me esforce para resolvê-los?

Atualizado em: 12/09/2012 - 18:57

comentários

Esforço descoordenado

Nem sempre esforço significa geração de resultados. Essa é a grande diferença entre sobreviver ou não no mercado corporativo. Algumas pessoas se orgulham da dar o máximo de si, de trabalharem 14 horas ou mais por dia, achando que esse esforço de maneira descoordenada, de maneira não integrada com resultados, será o suficiente. O cemitério empresarial está cheio de bons negócios que tiveram gente muito esforçada, mas que ainda assim não conseguia catalisar esse esforço para resultados.

 

*****

Mudar a referência

Mais uma dica importante: problemas nunca vão acabar no mercado corporativo. Ao contrário, eles sofrem mutações. O problema que ontem foi resolvido com facilidade poderá hoje ser um problema insolúvel. Por isso a recomendação para gestores que reclamam dos problemas nunca acabarem é, em primeiro lugar, mudar a sua referência de esforço vinculado a problema para esforço vinculado a resultados. Para um bom gestor, alguns problemas podem até continuar existindo desde que haja resultados que justifiquem a sua existência.

 

*****

Boa direção

Já, de outro lado, uma empresa que não tem problemas, mas também não tem resultados, não consegue sobreviver por muito tempo perante a concorrência. Então a regra passa a ser muito simples: esforço sem resultados não serve para nada. Pouco esforço, mas bem canalizado, bem direcionado, que gere resultados, é o que toda empresa hoje precisa.

 

(Luciano Salamacha)

Compartilhar esta notícia

Publicidade

Comentários

Você precisa estar logado para comentar, clique aqui para entrar.
Se você for um novo usuário, clique aqui para se cadastrar.