Cidades

'Duque de Caxias' celebra 52 anos de aprendizado e acolhimento

Luana Souza

11/08/2017 às 00:00 - Atualizado em 11/08/2017 às 16:51

Prestes a celebrar 52 anos, no dia 25 de agosto, o Instituto Educacional Duque de Caxias (IEDC), em Ponta Grossa, traz em sua bagagem exemplos de aprendizado e acolhimento à crianças e jovens carentes.

Considerada uma das maiores instituições dos Campos Gerais com serviços de convivência e fortalecimento de vínculos, o órgão é formado por cinco departamentos que prestam diversos serviços à comunidade, entre eles, capoeira, educação ambiental, banda, educação física, civismo, atividades para fortalecimento de vínculos familiares, entre outros.

 

Fábio Matavelli
Guarda Mirim conta com mais de 300 alunos

 

Junto ao IEDC, a Escola de Guardas Mirins Tenente Antônio João, primeiro departamento do instituto, formará neste mês mais de 100 crianças e tem o objetivo de levar lições de aprendizado e desenvolvimento para os seus 330 alunos, de cinco a 17 anos. "Nós trabalhamos com dois pilares: a moral e o ensino para desenvolver a promoção humana e social da criança. Se não houver moral, o mundo continuará de forma violenta", destaca o fundador da escola, Epaminondas Xavier de Barros, 90 anos.

Junto à Escola de Guardas Mirins, outras instituições como a Aldeia da Criança, Cidade dos Meninos e Recanto Maria Dolores, pertencentes ao IEDC, promovem atividades especiais no contraturno escolar das crianças e jovens. Entre elas, está o projeto da horta sem agrotóxicos, promovido pela Cidade dos Meninos.  "As crianças aprendem a mexer na horta e todo o resultado é consumido nos refeitórios ou comercializado para a população", destaca o presidente do IEDC, Alcides José Madalozzo.

Além das ações e projetos, o IEDC possui, pelo menos, oito áreas de atuação: como construção civil; doações de agasalhos; atendimento médico e odontológico, entre outros. "Estas frentes são realizadas com a ajuda de trabalhos voluntários. As nossas ações, por exemplo, ajudam a desafogar o Sistema Único de Saúde (SUS), por exemplo", diz o presidente. Madalozzo ressalta ainda importância de ações como estas para o futuro das crianças na sociedade.

"Nós trabalhamos com o futuro dos brasileirinhos para que eles sejam encaminhados para o bem. É necessário dar um caminho à eles para que não caiam nas drogas ou em outros casos de criminalidade", alerta Madalozzo.

Publicidade
GUIA DCMAIS
Loterias

MEGA SENA

Concurso 1978 17/10/2017
  • 6
  • 2
  • 57
  • 22
  • 55
  • 44
Publicidade
Enquete

Você gostou da programação da 28ª Münchenfest?

Publicidade
Flagra

Sinal de desenvolvimento

Publicidade
Publicidade