Ponta Grossa deve ampliar equipes do PSF

Luciana Almeida

Fale com o repórter

Publicado em: 17/08/2011 - 18:06 | Atualizado em: 02/09/2012 - 20:08

Até o final deste ano, Ponta Grossa deverá contar com ampliação de cerca de 30% nas equipes do Programa Saúde da Família. Das atuais 39 equipes, o número passará para 50. A informação foi fornecida, ontem, pelo presidente do Conselho Municipal de Saúde, Sérgio Doszanet, e foi confirmada pelo secretário municipal de Saúde, Winston Bastos. A implantação será feita em parceria com o governo federal. Por mês, cada equipe deve demandar investimento aproximado de R$ 20 mil dos cofres municipais, além de aporte do Ministério da Saúde.

Cada equipe, de acordo com Bastos, será formada por médico, enfermeiro, duas técnicas de enfermagem e agentes comunitários (um para cada 700 moradores da região). Cada equipe deve atender a 4,5 mil moradores.

Para o secretário, ao alcançar as 50 equipes, a Secretaria Municipal de Saúde deve abranger toda a população que demanda de atendimento via SUS. “Somente com as 50 equipes do PSF vamos abranger 225 mil habitantes de Ponta Grossa, o restante – perto de 95 mil habitantes – possui plano de saúde ou busca atendimento particular, conforme levantamento que fizemos. Fazendo essa conta, teremos uma abrangência total do PSF em Ponta Grossa”.

O atendimento via PSF será implantado nas unidades de saúde da Maria Otília; Shangrilá; Parque do Café; Sabará; Vila Real; Cara-Cará (duas equipes); Piriquitos; Cristo Rei e Parque dos Sabiás (duas equipes). Além de implementar as novas equipes, Bastos salienta que também está trabalhando para melhorar o atendimento nas equipes do PSF já existentes. “Algumas equipes, como a da Vila Ana Rita (Abrahão Federmann) chegam a fazer 915 consultas e 17 visitas domiciliares por mês. Em outras, temos 500 ou 600 consultas por mês, como na Adilson Baggio e na Aluízio Grochoski. Nesses locais, estamos trabalhando para potencializar o atendimento”.

Concurso

Para implantar as novas equipes do PSF, Winston Bastos acrescenta que será necessária a realização de concurso público para a contratação de médicos e enfermeiros. “Ainda precisamos trabalhar para a implementação, mas vamos fazer o possível para que essas novas equipes estejam prestando atendimento à população o mais rápido possível”. (L.A.)

 

Fábio Matavelli

PSF Atualmente, são 39 equipes em funcionamento

Compartilhar esta notícia

Publicidade

Comentários

Você precisa estar logado para comentar, clique aqui para entrar.
Se você for um novo usuário, clique aqui para se cadastrar.

  • 17/08/2011 - 23:19 - Lucasch

    Aonde de fato está funcionando Programa Saúde da Família, está funcionando a contento, tem tudo que o cliente do SUS precisa, acho que não, muitas pessoas,nem sabe que existe este programa dentro da secretaria de saúde. Precisamos que isto seja divulgado, e citando os lugares onde já funciona, para que as pessoas, possam procurar por atendimento. Fazem propaganda do que interessa a eles,mas o que interessa as pessoas fica em segundo plano. Divulguem, pois saúde interessa a todos.

  • 17/08/2011 - 10:52 - lopes

    nao é só reformar posto seu secretário,tem que contratar é muita gente,e pelo jeito isso nao vos interessa muito....