Trabalhadores da BRF entram em greve

Fernanda Colpani

Fale com o repórter

Publicado em: 12/12/2012 - 00:00 | Atualizado em: 12/12/2012 - 15:47

Divulgação

Trabalhadores da Sadia devem paralisar suas atividades na madrugada de quinta-feira

 

 

Depois de três rodadas de negociação salarial entre os representantes da Brasil Foods (BRF) e os Sindicatos dos Trabalhadores nas Indústrias de Carnes e Derivados, Laticínios e Derivados, Rações Balanceadas e Pratos Congelados (Sintac) de Castro, Carambeí e de Ponta Grossa, não houve consenso.

Os sindicatos estão insatisfeitos com a empresa que propõe um reajuste de 8% no salário e um acréscimo de R$ 10 no vale alimentação. De acordo com o presidente do Sintac de Ponta Grossa, Luiz Pereira, a proposta inicial da pauta era de um reajuste de 16% e um vale alimentação de R$ 400.

Compartilhar esta notícia

Publicidade

Comentários

Você precisa estar logado para comentar, clique aqui para entrar.
Se você for um novo usuário, clique aqui para se cadastrar.

  • 12/12/2012 - 16:26 - EMER

    As greves e seus respectivos grevistas buscando melhores salários e benefícios. É bem melhor aderir a prática do diálogo entre ambas as partes. Chega de braços cruzados. O país precisa do trabalho de todos vocês...

  • 12/12/2012 - 11:26 - frabiola

    Se eles "não estão insatisfeitos" com a empresa, então o por que da greve?