Polícia Civil vai adotar cartão para liberação de diárias

Publicado em: 05/06/2012 - 11:12 | Atualizado em: 02/09/2012 - 07:12

O secretário da Segurança Pública, Reinaldo de Almeida César, assinou na última quinta-feira (31/05) a resolução nº 102/2012, que institui o uso do cartão corporativo por todos os servidores da Polícia Civil para controlar as diárias de viagens, deslocamentos e despesas decorrentes de atividades de polícia judiciária. 

Caberá ao Departamento de Polícia Civil autorizar e fiscalizar as despesas decorrentes de viagens e deslocamentos das unidades vinculadas ao órgão. A resolução obedece às normas dos decretos 3498/04 e 3488/04, e as demais regras da Central de Viagens do Governo do Estado. 

Segundo Almeida César, desde o início da gestão foi determinado o uso dos cartões nos órgãos que compõe a secretaria. “Com a utilização deste sistema teremos um rigoroso controle sobre a boa aplicação dos recursos”, afirmou. 

Com a inclusão da área de segurança no sistema da Central de Viagens do Governo do Estado, a previsão é de emissão de 27 mil novos cartões até o próximo ano. Os órgãos que já utilizam o cartão são o Instituto de Identificação, Instituto de Criminalística, Instituto Médico Legal (IML), Departamento de Inteligência e o Grupamento Aéreo (Graer). 

O gabinete do secretário e todas as unidades internas também já adotaram o uso do cartão. A próxima corporação a ser integrada ao sistema é a Polícia Militar, com previsão de conclusão até o final de 2012.

O sistema da Central de Viagens já recebeu melhorias para comportar o aumento no número de acessos. Uma das adequações foi a criação de um espaço exclusivo para registro de operações policiais de caráter sigiloso. 

Com a adoção dos cartões será possível elaborar relatórios de gerenciamento por unidade da corporação, melhorando o controle e permitindo reduzir custos, evitando assim gastos desnecessários. 

Atualmente, as polícias utilizam um sistema antigo que dificulta os controles e aumenta custos, pois exige pagamento de taxas. 

SISTEMA - O governo estadual implantou os cartões corporativos em 2001 com o objetivo de trazer mais economia e transparência às despesas com viagens e diárias de servidores e autoridades estaduais. 

Os cartões são meios de pagamento seguros e mais suscetíveis ao controle. Eles são emitidos para todos os profissionais em que as atribuições necessitem viagens a trabalho pelo Estado. Atualmente, cerca de 25 mil servidores utilizam a ferramenta. 

O cartão corporativo está atrelado ao sistema Central de Viagem, que faz os cálculos e separa as categorias diárias automaticamente. Essa ferramenta permite melhores cotações de preços para passagens aéreas e redução de tributos pagos aos bancos e agências de viagem. Antes da criação dessa ferramenta, os recursos das diárias eram depositados em contas particulares ou entregues diretamente aos servidores; 

Compartilhar esta notícia

Publicidade

Comentários

Você precisa estar logado para comentar, clique aqui para entrar.
Se você for um novo usuário, clique aqui para se cadastrar.