Polícia

Mesmo sem obra, secretário garante Casa de Custódia para 2018

Edilene Santos

11/01/2017 às 20:00 - Atualizado em 11/01/2017 às 20:00


Richa destacou que serão contratados mais 3 médicos para o IML / Foto: Rodrigo Covolan

Questionado por jornalistas sobre a construção da Casa de Custódia em Ponta Grossa, durante a solenidade de formatura dos novos soldados, o governador Beto Richa disse que a obra só não foi retomada ainda porque nenhuma empresa apareceu nas três licitações realizadas. Agora, o governo pretende contratar uma empreiteira através de carta convite.

“O projeto está sendo readequado, mas queremos manter o mesmo cronograma. O dinheiro já está disponível. A obra vai sair”, afirmou o secretário de Estado da Segurança, Wagner Mesquita. A previsão de entrega da obra é junho de 2018.

Paralelamente à construção da nova cadeia, orçada em R$ 10 milhões e que deverá abrir mais 752 vagas no sistema prisional, o governador afirmou que está mantendo conversas com o juiz da Vara de Execuções Penais para liberar mais presos por meio de tornozeleira eletrônica.

Sobre a falta de médicos no Instituto Médico Legal da cidade, Richa destacou a abertura do concurso público da Polícia Científica, cujas inscrições serão abertas dia 17. “Em Ponta Grossa, há quatro médicos legistas e vamos contratar mais três”, garantiu. (E.S.)

Publicidade
GUIA DCMAIS
Loterias

MEGA SENA

Concurso 1978 17/10/2017
  • 6
  • 2
  • 57
  • 22
  • 55
  • 44
Publicidade
Enquete

Você gostou da programação da 28ª Münchenfest?

Publicidade
Flagra

Sinal de desenvolvimento

Publicidade
Publicidade