Mulher confessa ter matado os dois filhos em Palmeira

Edilene Santos

Fale com o repórter

Publicado em: 11/07/2012 - 00:00 | Atualizado em: 02/09/2012 - 18:53

FOTOS: Fábio Matavelli

Mãe chamou os filhos, Ana Maria Amaral Voichcoski e Ruan Felipe Amaral, para brincar do lado de fora

 

 

Um crime chocante comoveu a população dos Campos Gerais e até os policiais que atenderam a ocorrência, acostumados com a atrocidade do ser humano. Na noite de segunda-feira, uma mulher de 25 anos teria assassinado, com requintes de crueldade, os dois filhos: uma menina de sete e um garotinho de dez. O caso aconteceu na Colônia Santa Bárbara, área rural de Palmeira.

 

 

Deuceni Amaral confessou ter premeditado a morte das crianças naquele dia e que primeiramente matou Ana Maria Amaral Voichcoski e, em seguida, Ruan Felipe Amaral. Na delegacia, ela contou que chamou a menina para brincar na área externa. Levou-a para o meio do mato, pediu para a criança colocar um pano na boca e virar de costas e deu uma pancada na cabeça, usando uma barra de ferro. Em seguida, quando a menina acordou do desmaio, tomou um punhal e desferiu golpes no peito e abdômen da criança. Ela deixou o corpo no matagal e voltou para casa.

Pouco depois, ela convidou o menino para brincar de esconde-esconde, foi com ele a outro lugar do quintal e praticou o crime da mesma forma: colocando uma toalha na boca para a criança não gritar, batendo na cabeça com uma barra de ferro e desferindo golpes com a faca.

 

Leia a matéria completa na edição impressa do DC

Compartilhar esta notícia

Publicidade

Comentários

Você precisa estar logado para comentar, clique aqui para entrar.
Se você for um novo usuário, clique aqui para se cadastrar.

  • 11/07/2012 - 14:42 - tristepontagrossa

    por isso sou a favor da pena de morte ,, se bem que a morte sairia barato para essa "mae"

  • 11/07/2012 - 12:33 - Sidney

    ...E O PIOR É SABER QUE AINDA EXISTE UM TAL DE DEFENSORES DOS DIREITOS HUMANOS QUE VIVE DEFENDENDO "BANDIDOS MONSTROS" IGUAIS A ESTE!

  • 11/07/2012 - 08:55 - EMER

    Crimes bárbaros e sem qualquer explicação. Esta mãe cometeu o pior dos atos, pois tirou a vida de sua prole. Estas crianças inocentes não estão mais entre nós. E agora o que fazer com esta mulher? Que Deus nos conforte...