Política

DC traz Fernando Gabeira para palestra em Ponta Grossa

Patrícia Lucini

18/06/2017 às 07:00 - Atualizado em 18/06/2017 às 07:00

O escritor, ex-deputado federal pelo Rio de Janeiro e jornalista, Fernando Gabeira, estará pela primeira vez em Ponta Grossa na próxima semana, para ministrar a palestra 'Democracia tropical: da política à sustentabilidade'. O evento será pelo 13º Ciclo de Palestras, promovido pela CBN Ponta Grossa e Diário dos Campos. A palestra é baseada no seu mais recente livro - 'Democracia tropical: Diário de um aprendiz', que provavelmente estará disponível para venda no evento, com direito a autógrafo do autor.

Gabeira destacou-se como jornalista, logo no início da carreira, na função de redator do Jornal do Brasil, onde trabalhou de 1964 a 1968. No final dos anos 60, ingressou na luta armada contra a ditadura militar. Foi preso e exilado. E, nos quase dez anos de exílio esteve em vários países. “Foi um período muito rico. Eu tive a felicidade de viver em países como a Suécia, onde o sistema político e o tratamento que a sociedade dá aos políticos é mais avançado do que aqui. Então esta experiência me ofereceu algumas sugestões que não podem ser aplicadas mecanicamente, mas que podem balizar expectativas de mudança no Brasil”. Atualmente, Gabeira é apresentador da GloboNews, comentarista da Rede CBN e colunista do Jornal O Globo.

 

Divulgação
Para Gabeira, o governo populista de esquerda levou o país a uma situação econômica deplorável

 

Em entrevista ao DC, Gabeira fala sobre os assuntos que terão destaque na palestra e o momento político que o Brasil enfrenta, além de destacar alterativas possíveis para que o país supere o que chama de colapso político. Confira os principais trechos da entrevista:

Sobre a palestra

A palestra é dividida em duas partes. “Na primeira etapa tento mostrar as causas da crise em que estamos envolvidos, como chegamos a este impasse - partindo do movimento pelas Diretas Já – no início da década de 80 -, que completou o trabalho de democratização do Brasil. E como o sistema construído naquele período e que vigorou até hoje está completamente arruinado”, explica.

Já a segunda parte da palestra é voltada ao potencial e as possíveis saídas para a crise. “A segunda parte é mais complicada porque a situação é bastante nebulosa e a saída não é uma coisa inequívoca ainda, pois existem variáveis que precisam ser analisadas”.

Para o escritor, algumas medidas podem ajudar até 2018, quando o Brasil terá um governo e novo parlamento eleito com legitimidade para avançar. “Uma das alternativas é reduzir o número de partidos, através de uma cláusula de barreria. Outra coisa é acabar a eleição de deputados federais através de coligação, para evitar que se vote em uma pessoa e eleja outra”.

 

A nova mobilização por 'Diretas Já'

A mobilização por novas eleições diretas é um pouco diferente do que ocorreu décadas passadas. “Lá atrás as 'Diretas Já' tentavam completar o processo de democratização garantindo o direito de escolher diretamente o presidente da República. Isso já foi conquistado. Hoje o movimento é uma tentativa de saída para a crise, com a antecipação das eleições de 2018. Mas um exame da situação mostra que esta saída é muito difícil: primeiro porque precisa mudar a Constituição e em segundo lugar porque esta mudança deveria passar pelo Congresso, que evidentemente evitaria o término antecipado do seu próprio mandato”, aponta. Para o jornalista, a saída mais viável seria a realização de eleições indiretas para conduzir o processo até 2018, “caso o Temer caia, o que é bem possível”, analisa.

 

E como superar a crise?

Na opinião de Gabeira, hoje o país enfrenta um colapso completo do sistema político-partidário, em que a credibilidade dos políticos caiu por terra. “Através de um governo populista de esquerda chegamos a uma situação econômica deplorável. E, assim, precisamos enfrentar vários problemas ao mesmo tempo: o problema econômico, que inclui a tentativa de solucionar a situação dos 14 milhões de desempregados, e oferecer à população um sistema político-partidário que seja razoavelmente legítimo e que população acredite nele de alguma forma”, frisa.

 

Serviço:

Palestra 'Democracia tropical: da política à sustentabilidade'

Local: Teatro Marista – Rua Rodrigues Alvez, 701

Horário: 20 horas

Os ingressos podem ser retirados, gratuitamente, no Jornal Diário dos Campos: Rua Prudente de Morais, 10 - Vila Placidina. Mais informações: 3220-7744.

 

Pegaí

Na ocasião, haverá ponto de arrecadação do Instituto 'Pegaí - Leitura Grátis'. Assim, quem participar do evento está convidado a doar, de forma voluntária, livro de literatura, poesia, crônica, entre outros gêneros, para o Instituto.

Publicidade
GUIA DCMAIS
Loterias

MEGA SENA

Concurso 1978 17/10/2017
  • 6
  • 2
  • 57
  • 22
  • 55
  • 44
Publicidade
Enquete

Você aprova a fala do vereador Pastor Ezequiel, a respeito da vinda do cantor Pabllo Vittar para Ponta Grossa?

Publicidade
Flagra

Sinal de desenvolvimento

Publicidade
Publicidade