Vídeos

Operação prende em PG grupo criminoso que agia em outras cidades

Danilo Kossoski

10/10/2017 às 15:25 - Atualizado em 10/10/2017 às 17:00

Uma operação que contou com a participação de aproximadamente 50 policiais, entre civis e militares, resultou na prisão de nove pessoas, na manhã desta terça-feira (10). A seção de Furtos e Roubos da 13ª Subdivisão Policial de Ponta Grossa, sob a coordenação do delegado Fernando Maurício Jasinski, deu apoio aos policiais de Tomazina e Ibaiti, que realizavam o cumprimento de mandados de prisão e de busca e apreensão expedidos a partir de investigação acerca de assalto ocorrido em Tomazina, no mês passado.

De acordo com o delegado de Tomazina, Isaías Fernandes Machado, o inquérito que deu origem às prisões se refere a um roubo registrado na noite de 26 de setembro, naquela cidade. "Um casal de idosos foi rendido em sua casa e amarrado por cinco bandidos, mantido refém entre as 20 horas e meia-noite, enquanto os criminosos carregavam seus pertences em dois veículos utilitários: uma Ford Ranger e uma Fiat Strada. Na hora de irem embora, o motor da Ranger não pegou”, descreveu o delegado.

Diante disso, os criminosos deixaram para trás um dos veículos, ainda carregados com produtos do roubo. Mas agrediram violentamente uma das vítimas com socos no rosto e facadas na perna, acreditando que ela pudesse fazer com que o veículo funcionasse.

A Polícia Civil de Tomazina teve como ponto de partida as impressões digitais deixadas na casa das vítimas, que apontavam que os autores do crime residiam em Ponta Grossa. Diante disso, foram expedidos os mandados de prisão que levaram, nesta manhã, à prisão de cinco pessoas autoras diretas do assalto, sendo que três delas estavam em Ponta Grossa, e outras duas (um casal de namorados) em Matinhos, onde, segundo os policiais, planejavam outro roubo.

 

Fábio Matavelli
Entre os itens recuperados estão uma caminhonete e uma moto

 

 

Receptação

Mais quatro pessoas foram presas por receptação de produtos roubados, durante o cumprimento de mandados de busca e apreensão que possibilitaram recuperar parte dos produtos roubados, incluindo aparelhos de TV, joias, armas e até mesmo equipamentos de pesca, além da Fiat Strada e uma motocicleta levadas no assalto em Tomazina. Ainda foram apreendidas peças de motocicleta adquiridas com o uso do cartão das vítimas do roubo. “Os criminosos chegaram a roubar até mesmo uma coleção de 15 bonecas Barbie que pertenciam à neta do casal. Elas ainda não foram recuperadas e, segundo apurado, seriam dadas à sobrinha de uma das integrantes do grupo”, disse o delegado Machado.

 

Drogas

O inquérito deve ser concluído dentro de 10 dias. Uma audiência de custódia agendada para esta quarta-feira (11) deve determinar se eles serão mantidos presos em Ponta Grossa ou Tomazina até o julgamento. Com os criminosos, detidos em várias regiões da cidade, incluindo Olarias e Uvaranas, também foram encontradas drogas e balanças de precisão, indicando que o grupo também está envolvido no tráfico de entorpecentes. Outras duas pessoas permanecem foragidas, e a Polícia acredita que a prisão deve ocorrer nas próximas horas.

 

Fábio Matavelli
Delegado Isaías Machado coordena a investigação
Publicidade
GUIA DCMAIS
Loterias

MEGA SENA

Concurso 1979 19/10/2017
  • 38
  • 23
  • 45
  • 32
  • 29
  • 22
Publicidade
Enquete

Você aprova a fala do vereador Pastor Ezequiel, a respeito da vinda do cantor Pabllo Vittar para Ponta Grossa?

Publicidade
Flagra

Sinal de desenvolvimento

Publicidade
Publicidade