Dica de Leitura
Lagartas e borboletas

Autora: Ale Dossena

"Lagartas e borboletas" é o quinto livro infanto-juvenil da escritora Ana Rapha Nunes. A história conta sobre Lara, uma menina de doze anos que vê seu mundo virar de cabeça para baixo quando seus pais decidem pela separação. Não bastasse isso, seu corpo está ficando diferente e as amigas da escola surgem com conversas estranhas. A gota d'água é uma viagem que aparece do nada e Lara se vê transtornada diante de tantas mudanças! O desenrolar das situações faz com que Lara, aos poucos, amenize sua revolta e passe a desfrutar das mudanças com novas perspectivas, principalmente com a presença de uma pessoa da família que entra na história e com sua vivência e sabedoria, faz toda a diferença. “ Lagartas e borboletas” é uma história que cria empatia e identificação com o leitor, principalmente na mesma faixa de idade da protagonista.

 

Autora: Ana Rapha Nunes

Editora: Franco

Três viajantes

Autora: Ale Dossena

A dica de hoje é para quem gosta de aventura! O livro “Três Viajantes”, do autor Thiago Tizzot, conta a história de Estus, que sai em uma jornada acompanhado de Rusc e Lisael, todos prisioneiros nas masmorras da Fortaleza de Perfain, quando a história dá início. O motivo da aventura é a busca de respostas que envolvem registros antigos e um dos destinos dos aventureiros é a Biblioteca de Krassen, fazendo o leitor conhecer aspectos da literatura e amor aos livros inseridos na história! A aventura tem conflitos, reflexões e encontros, como a inserção de uma personagem feminina bem importante na aventura, a Aetla, uma andarilha que ajuda os três viajantes a buscarem respostas para um antigo segredo. Uma história com personagens cativantes e cenários bem bacanas! Publicação da Editora Arte & Letra.

 

Autor: Thiago Tizzot

Editora: Arte & Letra

A GRAÇA DA COISA

POR: Ale Dossena

Martha Medeiros já é uma autora consagrada no Brasil pela capacidade de fazer o leitor identificar-se a cada crônica. “A Graça da Coisa” reúne 80 crônicas, publicadas em jornais entre 2011 e 2013. São histórias curtas, de duas ou três páginas, que abordam assuntos cotidianos em que a autora levanta questões comportamentais, relações familiares e até mesmo banalidades. Também faz várias referências ao cinema e à música. Como todo livro de contos ou crônicas, algumas se destacam mais que as outras, mas em todas, a narrativa é fluída e buscam soluções para encararmos problemas corriqueiros.

Autora: Martha Medeiros

Editora: L&PM

O REVERSO DA MEDALHA

Autora: Ale Dossena

 

A dica de hoje é um best-seller famoso dos anos 80. O Reverso da Medalha foi o 6º livro escrito por Sidney Sheldon e publicado em 1982. A história gira em torno de quatro gerações de uma família, onde tudo começa com Jamie McGregor, um jovem escocês que parte para a África do Sul em busca de diamantes. Enfrenta pobreza, traições e muitas dificuldades, para enfim fundar uma companhia que fará parte da vida de todos os seus descendentes. Sua filha Kate Blacwell assume a companhia após a morte de Jamie, e sendo uma mulher de personalidade forte ela não mede atitudes e faz de tudo para o crescimento dos negócios da família. A história gira em torno de escândalos, assassinatos, sentimentos extremos de amor e ódio, marcando a passagem da história pelo tempo, mostrando diferenças raciais, culturas, erros e acertos dos personagens.

Autor:  Sidney Sheldon

Editora: Record

O DIA DO CURINGA

Autora: Ale Dossena

"O Dia do Curinga", de Jostein Gaarder é certamente uma excelente pedida para quem não tem medo de se aventurar nos princípios de filosofia e costuma se perguntar às vezes: "Quem somos? De onde viemos? Para onde vamos?". É um enredo romanceado, com uma pitada de imaginação e um desfecho, no mínimo, surpreendente e questionador. O livro conta a aventura de Hans-Thomas e seu pai, que atravessam a Europa, da Noruega até a Grécia em busca da mãe. E a história já começa com um fato curioso. O pai de Hans colecionava curingas de baralhos. A viagem se torna uma aventura quando Hans ganha de presente um livrinho misterioso, com a condição que o leria em segredo. Depois disso, Hans descobre um mundo à parte e inicia com seu pai profundas conversas filosóficas. Sem dúvida, uma iniciação à busca do conhecimento – ou à filosofia.

Autor:  Jostein Gaarder

Editora: Seguinte

E NÃO SOBROU NENHUM

Por: Ale Dossena

Quem curte romances policiais, principalmente os escritos por Agatha Christie, também conhecida na literatura como a Rainha do Crime, vai gostar da dica de hoje! “E não sobrou nenhum”, publicado em 1939, é considerada uma das melhores criações da autora. A história se passa em uma ilha misteriosa, que recebe dez pessoas sem nenhuma ligação, presas a um desfecho inesperado: a morte! Girando em torno do enredo de um poema infantil, as pessoas são assassinadas, uma a uma, com muito suspense e todos os ingredientes que só Agatha Christie consegue descrever em suas obras. A particularidade desse livro é que a autora não apresenta nenhum detetive na história, é o leitor quem precisa investigar e chegar as suas conclusões.

 

Autora: Agatha Christie

Editora: GloboLivros

O Condenado

Autora: Ale Dossena

A dica de hoje é para quem gosta de suspense ou quer conhecer outros títulos do escritor inglês Bernard Cornwell. Um deles é “O Condenado”, cuja história se passa em Londres, no início do século XIX, onde um capitão do exército desempregado, Rider Sandman, é convocado para investigar as circunstâncias do assassinato de uma condessa, onde o acusado é o pintor que lhe fazia o retrato. A história conta muito sobre a realidade da Inglaterra na época, e como era a vida das pessoas à margem da sociedade. Como todo livro de Cornwell, foi bem fundamentado historicamente e construído com personagens complexos. A trama mistura elementos históricos com uma estrutura de romance policial.

 

Autor: Bernard Cornwell

Editora: Record

O SENHOR DAS MOSCAS

Autora: Ale Dossena

A clássica distopia “O Senhor das Moscas”, do ganhador do Nobel em 1983, William Golding, é o tema da dica de leitura de hoje. A história, publicada em 1954 e que já foi adaptada duas vezes para o cinema, retrata a rotina de um grupo de crianças inglesas presas em uma ilha deserta após a queda de um avião. Em um cenário sem adultos, pois todos pereceram no acidente, elas precisam sobreviver a qualquer custo, ainda que o isolamento as façam esquecer toda a educação que receberam até o momento. A obra traz metáforas que nos transportam a refletir sobre a natureza do mal, onde disciplina e selvageria disputam a posse do poder.

 

Autor:  William Golding

Editora: Alfaguara

Grandes Esperanças

DICA POR: ALE DOSSENA

A dica de hoje traz um clássico da literatura vitoriana, assinado pelo grande escritor inglês Charles Dickens. Sua obra “Grandes Esperanças”, já escrita na maturidade literária do autor, nos emociona com a história do órfão Pip, cuja infância foi marcada pela pobreza e simplicidade. Graças a um benfeitor misterioso, ele tem a oportunidade de ir para Londres para estudar e tornar-se um verdadeiro cavalheiro, sonhando assim em conquistar Estella, sua paixão desde criança. Porém, as tramas do destino envolvem sua história, trazendo mistério e dúvidas sobre a origem da fortuna que recebeu, gerando consequências significativas para todos os envolvidos. Um livro sobre escolhas, sobre surpresas e claro, esperanças.

 

Autor: Charles Dickens

Editora: Landmark (edição bilingue)

A GAROTA DOS PÉS DE VIDRO

Por Ale Dossena

 

“A Garota dos Pés de Vidro” é o primeiro romance do britânico Ali Shaw. Uma história ousada e cheia de fantasia, mas que ao mesmo tempo traz cenários do mundo real, embutido na ideia de que tudo é possível quando se acredita que é. O cenário da história se passa numa pequena ilha, envolta em lendas e mistérios. Ida estava na ilha em busca da cura para sua doença, ela estava se transformando em vidro! Nessa procura conhece um fotógrafo, o Midas. Eles se apaixonam, mas precisam decidir entre dedicar-se as incertezas do futuro ou viver o presente de maneira intensa. Enquanto Ida se petrificava, pouco a pouco, ela amolecia o coração de pedra de Midas, envolvido com traumas de infância. A Garota dos Pés de Vidro é um livro que agrada leitores de mente aberta, daqueles que não tem limites de entrega para as fantasias.

 

Autor: Ali Shaw

Editora; LeYa