Momento Espirita
O Próximo

O próximo, em cada minuto, é aquele coração que se acha mais próximo do nosso, por divina sugestão de amor no caminho da vida.

No lar, é a esposa e o esposo, os pais e os filhos, os parentes e os hóspedes.

No templo do trabalho comum, é o chefe e o subordinado, o cooperador e o companheiro.

Na via pública, é o irmão ou o amigo anônimo que nos partilham a mesma estrada e o mesmo clima.

Na esfera social, é a criança e o doente, o desesperado e o triste, as afeições e os laços da solidariedade comum.

Na luta contundente do esforço humano, é o adversário  e o  colaborador, o inimigo declarado   ou   oculto ou, ainda, o associado de ideais que nos surgem  por instrutores.

Em toda parte, encontrarás o próximo, buscando-te a capacidade de entender e de ajudar.

Auxilia aos outros com aquilo que possuas de melhor.

Os santos e os heróis ainda não residem na Terra.

Somos espíritos humanos, mistos de luz e sombra, amor e egoísmo, inteligência e ignorância.

Cada homem, na fase evolutiva em que nos encontramos, traz uma auréola incompleta de rei e uma espada de tirano.

Se chamas o fidalgo, encontrarás um servidor.

Se procuras o guerreiro, terás um inimigo feroz pela frente.

Por isso mesmo, reafirmou Jesus o antigo ensinamento da Lei: - “ama o próximo, como a ti mesmo”.

É que o espírito, quando ama verdadeiramente, encontra mil meios de auxiliar, a cada instante, e o próximo, na essência, é o degrau que nos aparece diante do coração, por abençoado caminho de acesso à Vida Celestial.

(Fonte: Assim Vencerás – Emmanuel / Francisco Cândido Xavier)

Pensemos nisso: O dinheiro total da Terra não paga a fortuna de um sorriso, nem compra a beleza da consciência.

PROGRAMAÇÃO DOUTRINÁRIA

A Sociedade Espírita Francisco de Assis de Amparo aos Necessitados - SEFAN, à Rua Santos Dumont, 646, realiza no domingo 28/04/19 as seguintes atividades:

9h30 Evangelização Infanto Juvenil;

10h palestra com LUÍS MAURÍCIO MARTINS DE RESENDE, colaborador da entidade, tendo como tema: “O EVANGELHO SEGUNDO O ESPIRITISMO”.

A PAZ DO MESTRE JESUS ENVOLVA A TODOS

Degraus da Vida

 

Comparamos o mundo a grande instituto de ensino.

Aceita a existência no Planeta, por estágio educativo de que necessitas, ainda mesmo quando te reconheças na condição de doente, sob regime de internação em alguma das enfermarias da escola.

Nasceste no lugar mais indicado aos ensinamentos de que precisas e no grupo familiar que mais se te aconselha ao currículo de lições.

O corpo físico é a carteira de recursos a que te prendes, para efeito de preparo e burilamento.

A religião do teu clima doméstico é a classe de iniciação na Espiritualidade Maior, da qual podes seguir indefinidamente para diante, no rumo dos mais elevados conhecimentos... 

Faze, pois, da ideia de Deus que já possuas, o caminho da própria ascensão.

Elege no trabalho a tua bênção de cada dia.

Compreendamos que o bem é a execução da Lei Divina, a estabelecer a felicidade dos outros, com a mesma justiça com que a estabelece para cada um de nós. E o mal é a tribulação que, porventura, estejamos impondo à existência do próximo.

Dever é rotina de instrução.

Disciplina é condição de êxito.

Dificuldade é exercício de aperfeiçoamento.

Conflito é aula de reequilíbrio.

Tentação é repetência de testes nos quais já falimos, em nos referindo às reencarnações passadas.

Obstáculo é desafio para a melhora de resistência.

Solidão é pausa de reajuste.

Menosprezo de pessoas queridas é convite ao aprendizado o amor genuíno.

Contratempos se definem por avisos salutares no serviço a fazer.

A não ser para auxiliar desinteressadamente, não procures tanto saber o que sucede no curso dos colegas e dos vizinhos, porque, de volta ao Lar Maior, responderás essencialmente por ti.

À vista disso, não olvides que ninguém se eleva sem elevar-se na vida pelos degraus da lei de elevação.

(Fonte: Busca e Acharás – Emmanuel/Francisco Cândido Xavier)

PROGRAMAÇÃO DOUTRINÁRIA

A Sociedade Espírita Francisco de Assis de Amparo aos Necessitados - SEFAN, à Rua Santos Dumont, 646, realiza no domingo 21/04/19 as seguintes atividades:

9h30 Evangelização Infanto Juvenil;

10h palestra com ALBERTO MAYER, colaborador da entidade, tendo como tema: “O LIVRO DOS MÉDIUNS”.

A PAZ DO MESTRE JESUS ENVOLVA A TODOS

Vacinas da Alma

Não permita que o seu modo de falar se transforme em agressão.

Quando alguém nos solicite repetir nomes ou frases, atendamos a isso, pacientemente, sem alterar a própria voz.

Ao falar, evite comentários ou imagens contrárias ao bem, longe de qualquer interesse para quem ouve.

Desprimorar os outros é o mesmo que desprimorar-nos.

Trazer assuntos infelizes à conversação, lamentando ocorrências que já se foram, significa requisitar a poeira ou o lodo de caminhos já superados, complicando paisagens alheias.

Atacar alguém será destruir hoje o nosso provável benfeitor de amanhã.

Diante de ofensas ou injúrias, coloque semelhantes pedras do desequilíbrio na santa cesta do perdão, para que se desfaçam nas fontes do esquecimento.

Abstenha-se de exagerar sintomas ou deficiências com os fracos ou doentes, porque isso viria fazê-los mais doentes e mais fracos.

Sem qualquer afetação ou bajulice, na base da esperança e bondade, não existe ninguém que não possa ajudar conversando.

Observe que do campo mental aos lábios, temos um trajeto claramente controlável para as nossas manifestações, e por isso mesmo, tão logo a ideia negativa nos alcance a cabeça, busquemos arredá-la, de vez que um pensamento pode ser substituído, de imediato, no silêncio do espírito, ao passo que a palavra solta é sempre um instrumento ativo em circulação.

Sempre que nos decidirmos a usar esse processo de imunização muitos males e provações serão automaticamente afastados para a sustentação da paz em nós mesmos.

(Fonte: Busca e Acharás – André Luiz / Francisco Cândido Xavier)

PROGRAMAÇÃO DOUTRINÁRIA

A Sociedade Espírita Francisco de Assis de Amparo aos Necessitados - SEFAN, à Rua Santos Dumont, 646, realiza no domingo 14/04/19 as seguintes atividades:

9h30 Evangelização Infanto Juvenil;

10h palestra com PATRÍCIA MACHADO PEREIRA GIARDINI, colaboradora da entidade, tendo como tema: “A GÊNESE”.

A PAZ DO DIVINO MESTRE JESUS ENVOLVA A TODOS

Agradece

Agradece as mãos que te constroem a existência, decorando-a com as tintas da alegria e da esperança, mas endereça os teus pensamentos de gratidão àquelas outras que te ferem com os espinhos da incompreensão, ensinando-te a conviver e a servir.

Agradece as vozes que te embalam os anseios, entretecendo hinos de paz e amor com que te inspiram as melhores realizações, no entanto, envia as tuas vibrações de reconhecimento àquelas outras que te exageram essa ou aquela falha, induzindo-te a compreender e a perdoar.

Agradece aos amigos que te proporcionam mesa farta, impulsionando-te a pensar na abastança da Terra, mas não recuses respeito àqueles que, em algum tempo, te sonegaram o pão, levando-te a prestigiar a fraternidade e a beneficência. 

Agradece aos irmãos que te reconhecem a nobreza de sentimentos, louvando-te o trabalho, entretanto, não olvides o apreço que se deve àqueles outros que te menosprezam, auxiliando-te a descobrir os tesouros da humildade e da tolerância.

Certa feita, um pedaço de carbono sumido no monturo pediu a Deus o levasse para a superfície da Terra, a fim de ser mais útil. O Supremo Senhor ouviu-lhe a súplica e determinou fosse ele detido no subsolo para a devida maturação.

O minério humilde aceitou a resposta e permaneceu na clausura, por séculos e séculos, suportando a química da natureza com o assalto constante dos vermes que habitavam o chão.

Chegou, por fim, o tempo em que o Criador mandou arrancá-lo para atender-lhe aos ideais. Instrumentos de perfuração exumaram-no a golpes desapiedados e o lapidário cortou-lhe o corpo, de vários modos, em minucioso burilamento. 

Mas quando o carbono sublimado surgiu, de todo, aos olhos do mundo, Deus o havia transformado no brilhante, que passou a brilhar, entre os homens, parecendo uma flor do arco-íris com o fulgor das estrelas.

(Fonte: Amizade – Meimei / Chico Xavier)

PROGRAMAÇÃO DOUTRINÁRIA

A Sociedade Espírita Francisco de Assis de Amparo aos Necessitados - SEFAN, à Rua Santos Dumont, 646, realiza no domingo 07/04/19 as seguintes atividades:

9h30 Evangelização Infanto Juvenil;

10h palestra com AIRTON VICENTE PEREIRA, colaborador da entidade, tendo como tema: “O Livro dos Espíritos”.

MUITA PAZ E LUZ

Autoiluminação

A autoiluminação pode ser conseguida apenas com a tarefa de uma existência na Terra?

Uma encarnação é como um dia de trabalho. E para que as experiências se façam acompanhar de resultados positivos e proveitosos na vida, faz-se indispensável que os dias de observação e de esforço se sucedam uns aos outros.

No complexo das vidas diversas, o estudo prepara; todavia, somente a aplicação sincera dos ensinamentos do Cristo pode proporcionar a paz e a sabedoria, inerentes ao estado de plena iluminação dos redimidos.

Como entender o trabalho de purificação nos ambientes do mundo?

A purificação na Terra ainda é qual o lírio alvo, nascendo do lodo das amarguras e das paixões.

Todos os Espíritos encarnados, porém, devem considerar que se encontram no planeta como em poderoso cadinho de acrisolamento e regeneração, sendo indispensável cultivar a flor da iluminação íntima, na angústia da vida humana, no círculo da família, ou da comunidade social, através da maior severidade para consigo mesmo e da maior tolerância com os outros, fazendo cada qual, da sua existência, um apostolado de educação, onde o maior beneficiado seja o seu próprio espírito.

Como iniciar o trabalho de iluminação da nossa própria alma?

Esse esforço individual deve começar com o autodomínio, com a disciplina dos sentimentos egoísticos e inferiores, com o trabalho silencioso da criatura por exterminar as próprias paixões.

Nesse particular, não podemos prescindir do conhecimento adquirido por outras almas que nos precederam nas lutas da Terra, com as suas experiências santificantes – água pura de consolação e de esperança, que poderemos beber nas páginas de suas memórias ou nos testemunhos de sacrifício que deixaram no mundo.

Todavia, o conhecimento é a porta amiga que nos conduzirá aos raciocínios mais puros, porquanto, na reforma definitiva de nosso íntimo, é indispensável o golpe da ação própria, no sentido de modelarmos o nosso santuário interior, na sagrada iluminação da vida.

(O Consolador – itens 228 a 230)

PROGRAMAÇÃO DOUTRINÁRIA

A Sociedade Espírita Francisco de Assis de Amparo aos Necessitados, à Rua Santos Dumont, 646, realiza no domingo 31/03/19 as seguintes atividades:

9h30 Evangelização Infanto Juvenil;

10h palestra com MARCELO GERALDO DE MATOS, de Morretes, com o tema Resistência ao Mal.

MUITA PAZ

Poder-se-á definir o que é ter Fé?

Ter fé é guardar no coração a luminosa certeza em Deus, certeza que ultrapassou o âmbito da crença religiosa, fazendo o coração repousar numa energia constante de realização divina da personalidade.

Conseguir a fé é alcançar a possibilidade de não mais dizer: “eu creio”, mas afirmar: “eu sei”, com todos os valores da razão tocados pela luz do sentimento. Essa fé não pode estagnar em nenhuma circunstância da vida e sabe trabalhar sempre, intensificando a amplitude de sua iluminação, pela dor ou pela responsabilidade, pelo esforço e pelo dever cumprido.

Traduzindo a certeza na assistência de Deus, ela exprime a confiança que sabe enfrentar todas as lutas e problemas, com a luz divina no coração, e significa a humildade redentora que edifica no íntimo do espírito a disposição sincera do discípulo, relativamente ao “faça-se no escravo a vontade do Senhor”.

(Fonte: O Consolador, questão 354 – Emmanuel/Chico Xavier)

XXI Conferência Estadual Espírita

A Federação Espírita do Paraná realiza nos dias 10 a 17 de março, a XXI Conferência Estadual Espírita com o tema “Nascer, morrer, renascer ainda e progredir sem cessar, tal é a lei”. Durante o evento são realizadas palestras em todas as unidades das Uniões Regionais, de domingo a quinta feira. A partir de sexta feira, dia 15 até domingo 17, desenvolvem-se Palestras e Seminários no Expotrade Pinhais, região metropolitana de Curitiba, reunindo grande público.

DIVALDO FRANCO EM PONTA GROSSA

Como parte da XXI Conferência Estadual Espírita, Ponta Grossa recebe amanhã, dia 14, quinta feira, às 20 horas, no Clube Princesa dos Campos, a palestra do renomado Humanista, Educador, Embaixador da Paz, Orador, Médium DIVALDO PEREIRA FRANCO que há 65 anos ininterruptos contempla a comunidade princesina com ensinamentos profundos dos postulados da Doutrina Espírita. Entrada franca.

PROGRAMAÇÃO DOUTRINÁRIA

A Sociedade Espírita Francisco de Assis de Amparo aos Necessitados - SEFAN, à Rua Santos Dumont, 646, realiza no domingo 17/03/2019 as seguintes atividades:

9h30 Evangelização Infanto Juvenil;

10h palestra com MARCELO MAGA CELANO, de Curitiba.

MUITA PAZ E LUZ A TODOS

Respostas de Deus

Eis algumas das respostas de Deus, nos fundamentos da vida, através da Misericórdia Perfeita:

- o bem ao mal; - amor ao ódio; - luz às trevas;

- equilíbrio à perturbação; - socorro à necessidade;

- trabalho à inércia; - alegria à tristeza; - esquecimento às ofensas;

- coragem ao desânimo; - fé à descrença; - paz à discórdia;

- renovação ao desgaste; - esperança ao desalento; - recomeço ao fracasso;

- consolo ao sofrimento; - justiça à crueldade; - reparação aos erros;

- conhecimento à ignorância; - bênção à maldição; - amparo ao desvalimento;

- verdade à ilusão; - silêncio aos agravos; - companhia à solidão;

- remédio à enfermidade; - e sempre mais vida aos processos da morte.

Efetivamente podemos afirmar que Deus está sempre ao nosso lado, mas pelas respostas de Deus, no campo da vida, ser-nos-á possível medir sempre as dimensões de nossa permanência pessoal ao lado de Deus. (Fonte: Respostas da Vida – André Luiz / Chico Xavier)

DIVALDO FRANCO EM PONTA GROSSA

A Federação Espírita do Paraná realiza nos dias 10 a 17 de março, próximo, a XXI Conferência Estadual Espírita com palestras em todas as unidades das Uniões Regionais, de domingo a quinta feira. A partir de sexta feira, dia 15 até 17 o evento reúne grande público no Expotrade Pinhais, região metropolitana de Curitiba, com o tema “Nascer, morrer, renascer ainda e progredir sem cessar, tal é a lei”.

Ponta Grossa recebe no dia 14, quinta feira, às 20 horas, no Clube Princesa dos Campos, a palestra do renomado Humanista, Educador, Embaixador da Paz, Orador, Médium DIVALDO PEREIRA FRANCO que há 65 anos ininterruptos contempla a comunidade princesina com ensinamentos profundos dos postulados da Doutrina Espírita.

PROGRAMAÇÃO DOUTRINÁRIA

A Sociedade Espírita Francisco de Assis de Amparo aos Necessitados - SEFAN, à Rua Santos Dumont, 646, realiza no domingo 03/03/2019 as seguintes atividades:

9h30 Evangelização Infanto Juvenil;

10h palestra com MARLI DE PAULA, colaboradora do Centro Espírita Mário de Barros, de Palmeira, que abordará o tema Perdão e Reconciliação.

MUITA PAZ  E LUZ A TODOS

A Verdadeira Propriedade

 

O homem só possui em plena propriedade aquilo que lhe é dado levar deste mundo. Do que encontra ao chegar e deixa ao partir goza ele enquanto aqui permanece. Forçado, porém, que é a abandonar tudo isso, não tem das suas riquezas a posse real, mas, simplesmente, o usufruto. Que é então o que ele possui? Nada do que é de uso do corpo; tudo o que é de uso da alma: a inteligência, os conhecimentos, as qualidades morais. Isso o que ele traz e leva consigo, o que ninguém lhe pode arrebatar, o que lhe será de muito mais utilidade no outro mundo do que neste. Depende dele ser mais rico ao partir do que ao chegar, visto como, do que tiver adquirido em bem, resultará a sua posição futura. Quando alguém vai a um país distante, constitui a sua bagagem de objetos utilizáveis nesse país; não se preocupa com os que ali lhe seriam inúteis. Procedei do mesmo modo com relação à vida futura; aprovisionai-vos de tudo o de que lá vos possais servir.

Ao viajante que chega a um albergue, bom alojamento é dado, se o pode pagar. A outro, de parcos recursos, toca um menos agradável. Quanto ao que nada tenha de seu, vai dormir numa enxerga. O mesmo sucede ao homem, à sua chegada no mundo dos Espíritos: depende dos seus haveres o lugar para onde vá. Não será, todavia, com o seu ouro que ele o pagará. Ninguém lhe perguntará: Quanto tinhas na Terra? Que posição ocupavas? Eras príncipe ou operário? Perguntar-lhe-ão: Que trazes contigo? Não se lhe avaliarão os bens, nem os títulos, mas a soma das virtudes que possua. Ora, sob esse aspecto, pode o operário ser mais rico do que o príncipe. Em vão alegará que antes de partir da Terra pagou a peso de ouro a sua entrada no outro mundo. Responder-lhe-ão: Os lugares aqui não se compram: conquistam-se por meio da prática do bem. Com a moeda terrestre, hás podido comprar campos, casas, palácios; aqui, tudo se paga com as qualidades da alma. És rico dessas qualidades? Sê bem-vindo e vai para um dos lugares da primeira categoria, onde te esperam todas as venturas. És pobre delas? Vai para um dos da última, onde serás tratado de acordo com os teus haveres. - Pascal. (Genebra, 1860.) – Evangelho Segundo o Espiritismo, 16:9.

PROGRAMAÇÃO DOUTRINÁRIA

A Sociedade Espírita Francisco de Assis, à Rua Santos Dumont, 646, realiza no domingo 17/02/19, às 10h palestra com NICANOR PEREIRA DE JESUS, residente em Castro.

PAZ A TODOS

A Fé: Mãe da Esperança e da Caridade

Para ser proveitosa, a fé tem de ser ativa; não deve entorpecer-se. Mãe de todas as virtudes que conduzem a Deus, cumpre-lhe velar atentamente pelo desenvolvimento dos filhos que gerou.

A esperança e a caridade são corolários da fé e formam com esta uma trindade inseparável. Não é a fé que faculta a esperança na realização das promessas do Senhor? Se não tiverdes fé, que esperareis? Não é a fé que dá o amor? Se não tendes fé, qual será o vosso reconhecimento e, portanto, o vosso amor?

Inspiração divina, a fé desperta todos os instintos nobres que encaminham o homem para o bem. É a base da regeneração. Preciso é, pois, que essa base seja forte e durável, porquanto, se a mais ligeira dúvida a abalar que será do edifício que sobre ela construirdes? Levantai, conseguintemente, esse edifício sobre alicerces inamovíveis. Seja mais forte a vossa fé do que os sofismas e as zombarias dos incrédulos, visto que a fé que não afronta o ridículo dos homens não é fé verdadeira.

A fé sincera é empolgante e contagiosa; comunica-se aos que não na tinham, ou, mesmo, não desejariam tê-la. Encontra palavras persuasivas que vão à alma, ao passo que a fé aparente usa de palavras sonoras que deixam frio e indiferente quem as escuta. Pregai pelo exemplo da vossa fé, para a incutirdes nos homens. Pregai pelo exemplo das vossas obras para lhes demonstrardes o merecimento da fé. Pregai pela vossa esperança firme, para lhes dardes a ver a confiança que fortifica e põe a criatura em condições de enfrentar todas as vicissitudes da vida.

Tende, pois, a fé, com o que ela contém de belo e de bom, com a sua pureza, com a sua racionalidade. Não admitais a fé sem comprovação, cega filha da cegueira. Amai a Deus, mas sabendo porque o amais; crede nas suas promessas, mas sabendo porque acreditais nelas; segui os nossos conselhos, mas compenetrados do fim que vos apontamos e dos meios que vos trazemos para o atingirdes. Crede e esperai sem desfalecimento: os milagres são obras da fé. - José, Espírito protetor. (Bordéus, 1862) – Evangelho 2º o Espiritismo, 19:11.

PROGRAMAÇÃO DOUTRINÁRIA

A Sociedade Espírita Francisco de Assis de Amparo aos Necessitados, à Rua Santos Dumont, 646, realiza no domingo 10/02/19, às 10h palestra com MARCUS VINICIUS NADAL BORSATO, colaborador do Centro de Estudos e Assistência Espiritual Maria Dolores.

PAZ E LUZ A TODOS

Injúrias e violências

Bem-aventurados os que são brandos, porque possuirão a Terra. (S. MATEUS, 5:5)

Bem-aventurados os pacíficos, porque serão chamados filhos de Deus. (S. MATEUS, 5: 9)

Sabeis que foi dito aos antigos: Não matareis e quem quer que mate merecerá condenação pelo juízo. - Eu, porém, vos digo que quem quer que se puser em cólera contra seu irmão merecerá condenação no juízo; que aquele que disser a seu irmão: Raca, merecerá condenado pelo conselho; e que aquele que lhe disser: És louco, merecerá condenado ao fogo do inferno. (S. MATEUS, 5: 21 e 22)

Por estas máximas, Jesus faz da brandura, da moderação, da mansuetude, da afabilidade e da paciência, uma lei. Condena, por conseguinte, a violência, a cólera e até toda expressão descortês de que alguém possa usar para com seus semelhantes. Raca, entre os hebreus, era um termo desdenhoso que significava homem que não vale nada, e se pronunciava cuspindo e virando para o lado a cabeça. Vai mesmo mais longe, pois que ameaça com o fogo do inferno aquele que disser a seu irmão: És louco.

Evidente se torna que aqui, como em todas as circunstâncias, a intenção agrava ou atenua a falta; mas, em que pode uma simples palavra revestir-se de tanta gravidade que mereça tão severa reprovação? É que toda palavra ofensiva exprime um sentimento contrário à lei do amor e da caridade que deve presidir às relações entre os homens e manter entre eles a concórdia e a união; é que constitui um golpe desferido na benevolência recíproca e na fraternidade; é que entretém o ódio e a animosidade; é enfim, que, depois da humildade para com Deus, a caridade para com o próximo é a lei primeira de todo cristão.

Enquanto aguarda os bens do céu, tem o homem necessidade dos da Terra para viver. Apenas, o que ele lhe recomenda Jesus é que não ligue a estes últimos mais importância do que aos primeiros.

 (O Evangelho Segundo o Espiritismo, capítulo IX, itens 1 a 4)

PROGRAMAÇÃO DOUTRINÁRIA

A Sociedade Espírita Francisco de Assis de Amparo aos Necessitados, à Rua Santos Dumont, 646, realiza no domingo 03/02/19, às 10h palestra com ROSÂNGELA DE ARRUDA ARAÚJO, colaboradora da entidade.

MUITA PAZ E LUZ A TODOS