Toque de Letra
Esperança e expectativa para temporada 2019

Com muita esperança e expectativa, o Operário Ferroviário já tem o plano para a próxima temporada. O primeiro desafio será o Campeonato Paranaense, no qual o Fantasma volta para a elite em busca do bicampeonato. Depois, vem o esperado Brasileirão da Série B - uma competição inédita para o Alvinegro, nesse formato atual. Enquanto isso, se debate o futuro do estádio Germano Krüger, que vem passando por melhorias básicas para poder estar apto às exigências da CBF.

Aliás, o futuro do Germano Krüger parece fácil e complicado ao mesmo tempo, e vem assombrando o imaginário alvinegro. Embora haja uma série de circunstâncias a serem resolvidas, o importante é que todos sigam na mesma direção, que é a revitalização do estádio – um ícone da centenária história do Operário Ferroviário e também do futebol paranaense – o mais rápido possível.

Nos últimos anos, tanto dentro, como fora de campo, através do grupo gestor do futebol profissional, o Fantasma vem se confirmando como um clube emergente no cenário nacional. Ganhar ou perder faz parte do jogo e no momento o Fantasma vem levando vantagem. Nesse embalo, o trabalho está sendo recompensado graças a gestão do futebol profissional, também com o técnico Gerson Gusmão seguindo para a terceira temporada.

A soma de tudo isso levou o Alvinegro a ficar agora entre os quarenta melhores clubes do Brasil. Na sala de troféus do clube, também estão as taças de campeão nacional das Série D e C, além do troféu de campeão da primeira e da segunda divisão estadual, mais o do vital título da Taça FPF Sub-23. Agora, necessariamente, o momento é de olhar para frente.