Toque de Letra
Falta pouco para o Brasileirão da Série B

Depois da peleia pelo Campeonato Paranaense, com muito disque me disque, enfim, o Operário Ferroviário está há uma semana da aguardada estreia no Brasileirão da Série B, versão 2019. Tem gente contando os minutos para ver o Fantasma assombrando nesta que é uma competição de alto nível e com uma visibilidade gigantesca. A nação alvinegra também vai poder ligar a televisão e ver o Operário Ferroviário jogando em transmissões ao vivo da TV fechada, aquela mesma.

Nesses dias que restam para o início da competição, as expectativas giram em torno deste primeiro jogo em casa, contra o velho e cascudo América Mineiro. Por mais confiante num resultado positivo do Operário Ferroviário, sempre há aquele friozinho na barriga, já que nada é garantido no futebol. Nesse embalo, o técnico Gerson Gusmão tem uma filosofia de jogo definida e, o time bem ou mal, sabe o que deve fazer em campo. O resto fica por conta do chamado acaso.

Até a parada para a Copa América no Brasil, serão oito rodadas. Como se trata de uma longa competição por pontos corridos, vencer em casa é fundamental, aliás, sempre é em qualquer competição. Mas nesse caso, conquistar os três pontos em seus próprios domínios, além da soma dos pontos, também garante a confiança no time para os difíceis e imprevisíveis jogos longe de Vila Oficinas.

Nessa intertemporada, entre o final do Estadual e o início do Brasileirão, a diretoria do grupo gestor do futebol profissional do Fantasma buscou qualidade nas contratações. Na próxima sexta-feira, a bola vai começar a rolar.