Visão Empresarial
Blefar na hora de uma negociação empresarial é uma falta ética?

Feliz

Imagine comigo a seguinte situação: você vai para uma negociação e sabe que o seu cliente é daquelas pessoas que se não conseguir um desconto vai achar que foi incompetente. Ainda que você apresente um preço considerado justo ele necessita provar dentro da organização que é capaz de conseguir o desconto. Sabendo disso não há outro caminho a adotar senão aumentar um pouquinho o preço que você queria para conseguir dar o desconto que o cliente deseja e assim deixá-lo feliz.

Comum

Um detalhe interessante é que esse cliente sabe que você já aumentou a tabela e sabe que você está preparado para dar um desconto. É por isso também que ele não abre mão desse desconto porque estará pagando mais caso você não conceda o tão sonhado desconto. Mas, se os dois sabem, por que todos fazem? E por que isso é mais comum do que você imagina? Por um motivo simples: é um costume que foi incorporado numa determinada região ou segmento de negócio. E todo costume está ligado a moral que vem de more, que significa exatamente um costume, diferentemente da ética que vem do grego ethos que significa conduta.

Respeitar

Assim, quando você tem de mentir numa relação profissional porque já está constituído o costume de ter de dar um desconto ainda que todos naquela relação saibam que é mentira o que você está fazendo é respeitar a moral vigente naquele segmento. Logo, mentir nesta hora não é uma questão de ética, mas sim de respeito à moral, de respeito aos costumes das pessoas que integram aquele ambiente. Pense nisso!