Visão Empresarial
Como trabalhar ao lado de um colega que não tem o menor equilíbrio emocional?

Um desafio

Se já não é muito fácil manter-se equilibrado emocionalmente no dia-a-dia na empresa, imagine trabalhar ao lado de alguém que não tem o menor controle do seu lado emocional. Isso é um desafio para quem quer ser alguém equilibrado. Aí vêm algumas dicas importantes para quem tem esse desafio. A primeira dica é que o lado emocionalmente desequilibrado do colega também o torna uma pessoa previsível. Relativamente é possível determinar se essa pessoa irá reagir de maneira positiva ou negativa a uma determinada situação ou a um determinado estímulo.

 

Não discutir

Assim, quando se trabalha ao lado de alguém que não tem equilíbrio emocional a primeira dica é evitar discutir sobre temas que literalmente tiram a pessoa do seu equilíbrio, do seu eixo. Evitar entrar em discussões que você já conhece o final principalmente quando o seu colega não tem razão. É que o desequilibrado emocionalmente costuma tentar ganhar na base do grito, na base da coação, fugindo de qualquer disputa, de qualquer argumentação racional. A segunda dica importante é evitar ao máximo manter um relacionamento com esse tipo de gente além do mínimo necessário. Pessoas desequilibradas emocionalmente têm como característica serem intensas na paixão ou serem intensas também no ódio, o que é pior.

 

Mantendo o limite

E, para você, perder a amizade e se tornar alvo desse tipo de pessoas pode ser questão de segundos. Finalmente, não tente exigir que a sua chefia tome providências. Aliás, o seu chefe sabe muito bem quem compõe a equipe e se a pessoa ainda está trabalhando ao seu lado é porque há motivos para que a empresa continue agindo assim. Resumindo, ao lado de pessoas desequilibradas, o melhor é manter a distância, evitar o combate e principalmente não extrapolar sua amizade além de um perímetro seguro de relacionamento.