Visão Empresarial
Qual é o tempo ideal que se deve levar para ter uma conclusão coerente?

Dúvida

Todas as vezes que um profissional me pergunta se não está usando tempo demais para tomar uma decisão e concluir sobre algo digo que a dúvida já revela que se usou tempo demais. Há várias pesquisas científicas que comprovam que na maioria dos casos quando a gente demora demais para tomar uma decisão nos arrependendo até mesmo da decisão que tomamos. Um exemplo: você chega a um restaurante e começa a olhar demais para o cardápio.

Variáveis

Pode ser que com o decorrer do tempo acabe escolhendo aquele prato que mais você costuma consumir. As pesquisas também mostram que quando você demora na escolha e fica analisando todas as variáveis existentes é bem provável que ao final daquela refeição você se arrependa de ter feito aquela escolha. Já, o indivíduo que toma uma decisão rápida pode até se arrepender, mas de outra maneira, dizendo: havia tantas opções e eu escolhi errado, mas agora que escolhi vou com essa. Portanto, no primeiro caso a pessoa se arrepende e se cobra de não ter analisado mais.

Benefício

No segundo caso, a pessoa que escolheu rápido diz: poderia ter escolhido melhor, mas agora vou consumir esse prato mesmo e fica feliz com ele. Há uma relação entre tempo e benefício. Nem sempre ter mais tempo para analisar algo significa que você vai ter uma adequação do beneficio. Ao contrário, em alguns casos quanto mais você pensar mais se distancia do benefício. Logo, a dica é sempre que você tiver de tomar uma decisão sobre algo, determine qual é o tempo limite para que essa conclusão aconteça. Agindo assim o seu dia, o seu rendimento profissional serão cada vez melhores. Pense nisso!