Imóveis

4 dicas econômicas indispensáveis durante a reforma do imóvel

Reformar a casa não é apenas um gasto a mais, mas também um grande investimento de tempo. Encarar toda bagunça dentro de casa e, muitas vezes até uma mudança temporária, requer muita disposição. Para deixar essa fase mais amigável, ter um bom planejamento e controle sobre tudo é imprescindível.

É importante lembrar que nem sempre um orçamento apertado significa que é necessário abrir mão de grandes desejos: reduzir os custos onde há possibilidades podem aumentar o leque de opções na hora de decorar ou investir em estilo. Confira abaixo uma lista rápida com 4 dicas que podem deixar os seus planos mais em conta e comece a se programar!

Invista em mão de obra eficaz

Economizar na escolha de quem vai trabalhar na sua reforma pode ser uma decisão barata que sai cara. Profissionais não-especializados, com pouca experiência, ineficientes ou que não usem bons materiais podem gerar dores de cabeça e falhas que custam mais caro na hora da reparação do que na contratação.

Por isso, especialista no assunto tende a ser mais criterioso e evitar frustrações futuras. Prevenir contratempos também é uma forma de economizar muito dinheiro!

 

Construa paredes de drywall

O drywall veio para ficar no mercado de casa e construção. Uma opção mais econômica que a alvenaria, construir paredes ou divisórias novas com o drywall é, com certeza, muito mais barato. Segundo Helena Rodrigues, arquiteta na GypCenter e responsável pelo canal mundo do steel frame, uma parede de drywall pesa 25kg/m² contra 180 kg/m² de uma alvenaria, isso quer dizer menos transporte de mercadoria, menos desperdício de material e menos entulho. “Além disso, todos os produtos são 100 recicláveis, inclusive o gesso que é aproveitado na indústria do cimento e na agricultura”, finaliza a arquiteta.

Para quem não está habituado ao sistema, parede de drywall é, literalmente, uma parede seca, construída com estruturas que consistem em chapas de gesso sendo, na maioria das vezes, ocas por dentro.

O drywall também é conhecido como gesso acartonado e é bastante versátil. Entre suas vantagens estão ser um material leve, de transporte facilitado, tempo de instalação rápido, fácil manutenção e sujeira reduzida em comparação às paredes feitas de argamassa.

 

Utilize pisos vinílicos

Assim como as paredes de drywall, o piso vinílico substitui o tradicional piso de madeira. Em sua maioria são produzidos com PVC e também tem manuseio mais simples, além de redução de esforço na hora da instalação e da manutenção.

 

Por conta do material de que é produzido, os pisos vinílicos tendem a manter o ambiente agradável em qualquer temperatura, não ficando muito gelados no inverno e nem muito aquecidos no verão.

 

Reaproveite móveis de brechó

Visitar brechós está na moda! E, na hora da sua reforma, por que não garimpar também aqueles achados maravilhosos em lojas de móveis usados?

Molduras, cadeiras, mesas, detalhes de cozinha, estantes e até guarda-roupas são itens com muita incidência em brechós e antiquários, e você ainda pode usar e abusar do estilo retrô ou rústico. Economizar na hora de comprar utensílios para a casa pode alargar o orçamento de outros pontos, como mão de obra ou compra de materiais.