no

Aeroporto Sant’Ana recebe autorização para operações com ‘voo por instrumentos’

Processo que altera o tipo de operações no aeródromo foi homologado no início deste mês

No início do mês de agosto, foi concluído o processo que altera o tipo de operação VFR diurno/noturno para IFR no Aeroporto Comandante Antônio Amilton Beraldo – Ponta Grossa (SBPG)/PR. A homologação permite a atividade de aeronaves através de Instrument Flight Rules (IFR), popularmente chamado “voo por instrumentos”, na cabeceira 08 do aeródromo. A operação com os equipamentos garante maior segurança durante a aterrissagem dos aviões.

A certificação conclui o trabalho realizado no mês de dezembro de 2019, quando o Aeroporto Sant’Ana recebeu o avião do Grupo Especial de Inspeção em Voo (GEIV), aeronave que afere e inspeciona os equipamentos de auxílio à navegação aérea do país. Com a permissão definitiva de operações por instrumentos, os pilotos das aeronaves dependem menos nas condições climáticas e conseguem maior condição de furar as camadas para descer mais próximo da pista de aterrissagem, a partir das orientações dos centros de controle localizados em solo. 

“Com a homologação do IFR na cabeceira 08, as aeronaves podem descer em condições adversas relacionadas à visibilidade, o que vai auxiliar muito os pilotos. É um processo que estávamos trabalhando bastante para que tivéssemos mais uma ferramenta que ajude, principalmente, na existência de nevoeiros na região. Trata-se de um grande passo que demos para ampliar as operações em nosso aeroporto”, explicou o superintendente do aeródromo, Victor Oliveira.

R$ 35 milhões

No mês de julho, o prefeito Marcelo Rangel assinou o ofício de formalização de pedido enviado para a Secretaria de Aviação Civil (SAC) para início do processo licitatório das obras de reestruturação e ampliação do novo Aeroporto Municipal Comandante Amilton Beraldo. O pedido foi enviado junto com o pacote de documentação que inclui o projeto executivo, o plano de trabalho, as licenças para o início da obra e o edital de licitação, cujo orçamento está estimado em R$ 35 milhões

A PMPG e a SAC trabalham para que o início do processo licitatório inicie em breve. De acordo com José Loureiro, secretário de Indústria, Comércio e Qualificação Profissional, pasta em que o aeródromo está vinculado, a expectativa para a readequação do aeroporto é grande.

“Estão previstas melhorias no terminal de passageiros, ampliação do estacionamento de veículos, inclusão de taxiway, um espaço utilizado para o deslocamento em solo e para manobra de aeronaves, além de reformas no pátio e área de giro de aeronaves. Todo esse investimento vai garantir maior oferta de serviços para toda a população que já utiliza o local, prospectar mais voos, e consequentemente, mais passageiros que passarão a usar nosso aeroporto”, informou. 

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carregando…

0

Slaviero Hotéis vai abrir uma unidade da bandeira Essential em Ponta Grossa. Veja fotos

Furacão joga em casa defendendo a ponta da tabela do Brasileirão