Cidades

Ala Covid do HU tem 47 pacientes internados

Cidade tem seis leitos de UTI vagos

Em 31 dias, o Hospital Universitário Regional dos Campos (HU) ampliou significativamente o uso dos leitos de UTI destinados a atendimento de casos suspeitos ou confirmados de covid-19, mas também registrou novo salto no número de pacientes. Os dados são dos boletins diários do HU.

O mês de julho iniciou com 10 leitos de UTI ocupados; já no dia 31, à noite havia 28 leitos ocupados. Também foi o mês no qual o número de leitos ofertados na UTI foi ampliado, após ajustes e trâmites internos, de 20 para 30, o que deu algum fôlego para os atendimentos na região, evitando o colapso imediato no sistema da região.

O número de leitos clínicos ofertados na Ala foi ampliado de 15 para 24. Ao mesmo tempo, o número de pacientes nesse setor subiu de 5 para 19 no período. No total, a Ala Covid do HU iniciou julho com 16 pacientes, entre casos positivos, negativos e em análise. Mas o mês se encerra tendo no local um total de 47 pacientes (chegou a 50 um dia antes), sendo 37 positivos, três negativos e sete em análise.

Esses pacientes não são todos de Ponta Grossa, pois o HU atende casos de toda a região, inclusive pessoas de passagem pela cidade e que apresentem sintomas que exijam a hospitalização.

O boletim municipal da covid-19 revela também que, de todos os demais 86 leitos de UTI disponíveis pelo SUS e pelo sistema privado, somente quatro estão desocupados. O número se refere a leitos utilizados por pacientes com diversas enfermidades, não apenas covid-19.

 

Regulação

Segundo a prefeitura, a cidade contava até essa sexta-feira com 15 pacientes na UTI e 8 em leito clínico, exclusivamente de Ponta Grossa. Como a regulação de leitos é realizada pelo Governo do Estado, não considerando apenas os disponibilizados no Hospital Universitário Regional de Ponta Grossa, mas sim todo a macrorregião, pacientes de outros municípios podem ser deslocados para hospitais de outras regiões, caso haja saturação e necessidade por parte de Ponta Grossa.