no

Além da educação tradicional, escolas devem preparar estudantes com diferentes habilidades

Ter apenas conhecimento de matemática, português, história e geografia não é suficiente para a formação das crianças para que se tornem adultos transformadores. As escolas do Sesi formam estudantes com proficiência inglês e programação, assim como habilidades de socialização, trabalho em equipe e autonomia. 

Segundo um levantamento da British Council, apenas 5% da população sabe se comunicar em inglês. O número de fluentes é ainda mais baixo, representando 1%. Assim, o aprendizado de uma segunda língua abre portas em diversas áreas de trabalho, especialmente oportunidades envolvendo convívio com equipes multiculturais e empresas estrangeiras, bem como processos e tecnologias mais comuns em inglês. "Na era digital que estamos vivendo não existem mais barreiras. O inglês tornou-se a língua dos negócios e da comunicação mundial, é a forma pela qual todos interagem e realizam suas transações", afirma Fabiane Franciscone, gerente de educação básica e continuada do Sistema Fiep.

Além da formação bilíngue, o Colégio Sesi, por meio de sua proposta pedagógica, incentiva o empreendedorismo, a criatividade e a inovação, oportunizando os alunos a participarem de projetos, concursos, desafios de aprendizagem e outras iniciativas.

As matrículas para as turmas de ensino médio do Colégio Sesi Internacional em Ponta Grossa estão abertas e devem ser feitas presencialmente nas secretarias. As aulas começam no dia 03 de fevereiro. Para mais informações, acesse o site colegiosesi.com.br ou entre em contato pelos telefones (42) 3219-5050 ou 0800 648 0088.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carregando…

0

Uma semana após acidente no Rally Dakar, holandês Edwin Straver morre aos 48 anos

Bolsonaro descarta recriação do Ministério da Segurança Pública