Cidades

Alunos municipais realizam ação em benefício de idosos

Estudantes da Escola Municipal José Bonifácio levaram até o Asilo São Vicente de Paula os alimentos trocados por recicláveis por meio do Programa Feira Verde
(Foto: Assessoria)

Alunos da Escola Municipal José Bonifácio Guimarães Vilela, no Parque Nossa Senhora das Graças, fizeram nesta terça-feira uma ação que será lembrada por toda a vida. A turma de 20 alunos levou alimentos, presentes e muito calor humano aos idosos do Asilo São Vicente de Paula, em Ponta Grossa. A ideia, surgida em sala de aula, levou três meses até a sua conclusão. No dia anterior, segunda-feira, eles haviam adquirido os alimentos em troca por materiais recicláveis, dentro do Programa Feira Verde.

Os alunos tiveram a ideia a partir da participação deles no Feira Verde, realizado pela Prefeitura de Ponta Grossa por meio da Secretaria de Pecuária e Abastecimento. A cada 15 dias, as famílias das crianças realizam a troca de alimentos por materiais recicláveis. Até que um dos alunos deu uma ideia: por que não doar os alimentos para quem tem mais necessidade de recebê-los? A pergunta foi do menino Aysllan Cavalli, que dividiu a ideia com os colegas. "Fiquei muito feliz de vir ao asilo. A ideia não foi só minha, porque todo mundo ajudou, foi uma ideia de todo mundo", disse o menino.

Na manhã fria de ontem (10), cerca de 50 idosos receberam finalmente a visita, enroladinhos em seus cobertores. Eles prestigiaram também a apresentação de uma peça teatral, leitura de poesias e canções, programadas para levar a eles o calor das crianças. "Fiquei muito emocionada. Eu não esperava por isso e fogem as palavras nesse momento. Agradeço muito a vocês", disse a senhora Tereza Aparecida Silva, que também contou: "sabe, sou analfabeta, nunca fui pra escola, só trabalhei em casa de família. Foi tudo muito bonito o que a escola fez".

A partir de agora, conforme a diretora da escola, Laureci Trzaskos, serão discutidas formas de dar sequência a ações solidárias com esta. Na escola, para além da atividade de troca de recicláveis por alimentos, o programa se transforma em atividade pedagógica. Todos os detalhes são estudados dentro das aulas. "Desde que nosso aluno teve a ideia de repartir os alimentos com outras pessoas, eles fizeram muitas pesquisas, levando o tema para a realidade particular deles. Nas aulas, os professores trataram do assunto em vários aspectos. Mas o mais interessante é que tudo partiu do interesse deles, que pensaram no próximo. Agora vamos partir para uma nova etapa, este foi somente o início", conta a diretora.

Segundo a irmã Rosali, uma das auxiliares do asilo, todas as doações e visitas são bem-vindas. "Os idosos sentem-se muito felizes com as visitas, eles gostam muito. Eles sentem a presença das pessoas e é muito gratificante. Além disso, as doações também ajudam muito. Eles sentem-se como as crianças quando ganham presentes, ficam bem e animados", comenta a religiosa.