Cidades

AMTT libera acesso ao Estar Digital na segunda-feira

Usuários do EstaR poderão realizar a compra de créditos com os agentes da AMTT, mediante pagamento em dinheiro, e utilizar o aplicativo para validar a utilização das vagas de estacionamento já na próxima segunda-feira (13).
Agentes da AMTT passaram por treinamento, hoje (10), para orientar os cidadãos sobre como utilizar o aplicativo. (Foto: Divulgação)

A Prefeitura de Ponta Grossa, através da Autarquia Municipal de  Trânsito e Transporte (AMTT), dará, nos próximos dias, mais um salto em direção à ampliação da digitalização dos serviços oferecidos para a população da cidade.  Dessa vez, a novidade está relacionada com a  nova fase da implantação do sistema de Estar Digital no município pela AMTT, que libera, a partir de segunda-feira (13),  o acesso dos cidadãos às transações pelo aplicativo. 
Fruto de um amplo projeto voltado à implementação de novas tecnologias e de ampliação do acesso da população aos serviços da Prefeitura de Ponta Grossa, o Estar Digital permitirá que as transações de compra, validação e renovação  do tempo de utilização das vagas, assim como a regularização de notificações do Estacionamento Regulamentado (EstaR) sejam feitas inteiramente através de um aplicativo gratuito. “Esse é, sem sombra de dúvida, um dos mais importantes avanços de  Ponta Grossa em relação à tecnologia, facilidade e agilidade no acesso aos serviços que a Prefeitura oferece para a população e que vai diretamente ao encontro do nosso objetivo de construir uma cidade alinhada com o que há de mais moderno no Brasil e no mundo”, declara o Prefeito Marcelo Rangel. 
De acordo com o presidente da AMTT, Roberto Pellissari, a  ferramenta – Estar Ponta Grossa  - já está disponível para download dos usuários de smarthphones com sistemas Android e IOS. Ele conta que as transações serão habilitadas somente na segunda-feira, quando os cidadãos poderão realizar a compra de créditos mediante pagamento em dinheiro aos agentes do EstaR ou nos postos de venda da AMTT. Para isso, será necessário baixar o aplicativo ‘Estar Ponta Grossa’. Nos casos em que o cidadão já possui  a ferramenta no celular,  é necessário atualizar para a nova versão, que estará disponível a partir de domingo -.  “O que teremos nos próximos dias é uma etapa muito importante para a implantação do Estar Digital no município, onde as transações financeiras serão liberadas aos usuários, possibilitando a utilização de diversos serviços relacionados ao EstaR de forma digital. Nesse primeiro momento, os créditos serão adquiridos somente através do pagamento em dinheiro com os nossos agentes ou nos postos de venda localizados no prédio da AMTT ou na Praça Barão do Rio Branco. Na sequência, iremos liberar a compra pelo cartão de débito ou boleto bancário”, explica Pellissari. “Outro aspecto interessante é que o usuário já poderá regularizar as notificações pelo aplicativo e, no caso da regularização com os agentes em até 72 horas da notificação, solicitar ou o bloco físico ou a validação de bônus para ser utilizado direto  no aplicativo”, completa. 
Sistema Misto
Com a disponibilização da nova ferramenta, a AMTT seguirá trabalhando com um sistema misto  - blocos físicos e validação digital – durante os próximos meses. “Nossos agentes continuarão a trabalhar com os blocos físicos, sua venda e fiscalização dos veículos, como acontece atualmente. No entanto, é importante ressaltar que a venda de folhas avulsas já não é mais realizada pelos nossos agentes, que hoje validam o tempo da vaga mediante solicitação dos usuários através do sistema utilizado para a fiscalização das vagas. A migração total para o sistema digital será feita de forma gradativa, na  medida em que forem implantadas dispositivos que facilitem o acesso das pessoas que tem familiaridade com essa tecnologia, mas principalmente dos usuários que não estão habituados com o uso dessas ferramentas”, aponta o presidente da AMTT.

Passo a Passo do Estar Digital:

O que muda?
A principal mudança com a implantação do Estar Digital é a migração para um sistema que não demanda a utilização do bloco de papel pelo usuário, o que agiliza o processo de uso da vaga pelo motorista e da fiscalização por parte dos agentes municipais. 
Disponível para download gratuito nas lojas de aplicativos (Android e IOS), o Estar Digital funciona na prática de forma muito semelhante ao sistema atual, com o cidadão escolhendo o tempo de estacionamento na vaga e validando essa estadia por até duas horas no mesmo trecho. 

Como funciona?
Após  realizar o download e instalar o aplicativo, basta cadastrar a placa do veículo e realizar a compra de créditos com os agentes do Estar ou nos postos da AMTT  localizados na rua Doutor Colares ou na Praça Barão do Rio Branco.   
Na sequência, quando já estiver estacionado,  o motorista deve validar a utilização da vaga de acordo com a necessidade, por um período que pode variar entre meia-hora, uma hora e, no máximo, duas horas por trecho de quadra – exatamente como é hoje -.  A única mudança  é a necessidade de que, para validar a vaga, o motorista deve incluir a numeração do box onde está estacionado.
Caso o motorista exceda o tempo e seja constatado pelo agente de Estar a situação, é emitida a notificação, que também é encaminhada diretamente ao usuário pelo aplicativo para que proceda com a regularização de forma on-line  ou no prédio da AMTT. 

E se eu validar por um tempo menor que duas horas e precisar ficar mais?
Não há nenhum problema. Pelo próprio aplicativo é possível realizar a operação de acréscimo de tempo, desde que não exceda o tempo máximo, sem a necessidade de se deslocar até o veículo novamente. 

Quem não tiver o aplicativo será notificado?
Não. Os cidadãos que não dispuserem de celular que comporte o aplicativo ou não queiram utilizar o sistema poderão, inicialmente, realizar a validação da vaga por meio de um dos agentes do Estar ou nos postos de venda da AMTT no município. Nesses casos, a pessoa deve localizar um dos funcionários e solicitar a validação pelo período de tempo determinado. Para isso, é necessário fornecer a placa do veículo, o número e a localização da vaga, além do tempo de estadia, que constará no banco de dados até a expiração do prazo para que o cidadão não seja notificado indevidamente.  A notificação só acontecerá quando o Estar constatar que  não foi feita validação  por parte do motorista

Tenho o aplicativo, mas não tenho serviço móvel de internet, e agora?
A AMTT já estuda as possibilidades para a utilização do aplicativo no município sem a necessidade de que o motorista tenha obrigatoriamente um serviço móvel de internet. A expectativa é de que a disponibilização desse serviço seja definida até a migração total do Estar para o sistema digital, prevista para 2019.  Até lá, os motoristas que não dispuserem de internet móvel poderão solicitar a validação da vaga aos agentes de trânsito. 

Onde posso comprar os créditos?
Nessa etapa, a compra de créditos se dará apenas com os agentes do Estar, mediante pagamento em dinheiro.  Nas próximas etapas, a transação poderá ser feita  também através do aplicativo – utilizando o cartão de débito ou boleto bancário – e nos pontos de venda, que ainda serão implantados no município. 

O aplicativo tem custo?
Não, o aplicativo está disponível para download gratuitamente para os sistemas android e ios. 

Se eu for notificado, como posso regularizar a situação?
Você pode regularizar a situação através do pagamento de uma taxa administrativa de vinte reais através dos créditos que possuir no aplicativo, junto aos agentes ou no prédio da AMTT.  Vale lembrar que, nos casos em que a regularização é feita em até 72 horas da notificação, o usuário poderá escolher entre receber o bloco com talões de uma hora – ou dois de meia hora – ou que seja disponibilizado um bônus no valor de 10 reais para ser utilizado no momento de estacionar. É importante esclarecer que os valores referentes a bônus poderão ser utilizados somente para o estacionamento, não sendo válidos para o pagamento de outras notificações.