Cidades

AMTT unifica linhas de ônibus em Ponta Grossa

AMTT uniu as vilas Cristina e Hilgemberg (Foto: Fábio Matavelli)

A AMTT está realizando estudos para otimizar o atual número de linhas e trajetos de ônibus ofertados em Ponta Grossa. Nesse sentido, uma das primeiras mudanças deve ser implementada no próximo dia 11. Conforme publicação no Diário Oficial do Município, a partir dessa data as linhas Vila Cristina e Vila Hilgemberg serão unificadas, passando a se chamar Linha 172.

De acordo com a prefeitura, a mudança proposta deve propiciar uma redução média de 2.282 quilômetros percorridos a cada mês no sistema de transporte coletivo. Mas também deve oferecer uma melhor frequência de atendimento ao usuário, reduzindo o tempo de espera em cada uma das linhas de 40 minutos para 20 minutos.

A medida faz parte das sugestões apresentadas pelo Conselho Municipal dos Transportes (CMT), na avaliação realizada no último reajuste na tarifa, em fevereiro deste ano. Na ocasião, o CMT ampliou o preço do transporte aos usuários em apenas R$ 0,10, quando a sugestão técnica apresentada pela AMTT previa acréscimo de R$ 0,29. Com isso o valor subiu dos R$ 3,70 para R$ 3,80, ao invés dos R$ 3,99 sugeridos.

Na justificativa, o Conselho declarou que não seria correto repassar ao usuário as consequências de um sistema de transporte público que estava caminhando para se tornar insustentável, e que o município deveria pensar formas de reduzir custos e otimizar o sistema. Para isso, a redução na quilometragem percorrida com pequenas mudanças em trajetos seria uma das saídas apontadas.

 

Estudos

Segundo a AMTT, a Linha 172 é resultado de estudos em parceria com a VCG. Neste caso, o ônibus passa a percorrer o percurso como se fosse um “circular” abrangendo três vilas, aumentando a frequência de oferta em 50%. A mudança na nomenclatura da linha, que será 172 – Vila Cristina visa modernizar a forma de entender o serviço, como algo da comunidade e não especificamente da vila A, B ou C.

 

Informação ao usuário

A publicação em Diário Oficial ocorre em virtude de uma lei municipal recente. A lei nº 13.242 entrou em vigor no iníci deste mês, e determina que qualquer alteração do itinerário dos veículos do transporte público, permanente ou temporária, deve ser comunicada com antecedência mínima de uma semana, através dos meios de comunicação cabíveis e cartazes fixados nos terminais e pontos de ônibus existentes nas linhas que sofrerão mudança.