Polícia

Assaltantes causam pânico em shopping de Ponta Grossa

O final da manhã foi de pânico dentro de um shopping localizado na região central de Ponta Grossa. Três assaltantes, dois homens e uma mulher, armados, invadiram uma loja de celulares, localizada no interior do estabelecimento, por volta das 11 horas, renderam clientes e funcionários e fugiram levando diversos aparelhos.

O final da manhã foi de pânico dentro de um shopping localizado na região central de Ponta Grossa. Três assaltantes, dois homens e uma mulher, armados, invadiram uma loja de celulares, localizada no interior do estabelecimento, por volta das 11 horas, renderam clientes e funcionários e fugiram levando diversos aparelhos.

De acordo com tenente da Polícia Militar, Adriano Joel de Oliveira, os criminosos portavam um revólver e uma pistola calibre 380. O crime foi rápido, no entanto, no momento da fuga dos suspeitos, um policial militar que estava de folga e realizava compras, conseguiu frustrar a fuga de um dos envolvidos.

"O policial estava à paisana no local e prendeu um dos indivíduos. As vítimas do assalto também acionaram o 190 e mais viaturas foram deslocadas ao shopping. Nos arredores do estabelecimento, mais um dos suspeitos foi detido por uma das viaturas, com apoio do vigilante do shopping", relatou o tenente.

A mulher, também suspeita de envolvimento no assalto, sofreu uma fratura enquanto tentava fugir. Ela foi socorrida pelas equipes do Corpo de Bombeiros e levada ao hospital sob escolta policial. Com ela foram encontrados alguns aparelhos que teriam sido levados da loja.

Com os suspeitos, a polícia apreendeu uma bolsa com diversos aparelhos; as armas utilizadas no crime e certa quantia em dinheiro que teria sido levada de um dos clientes da loja.

Tumulto

Assustados, clientes e funcionários do shopping saíram do local no momento do assalto. Em nota, a assessoria de comunicação do shopping informou que tão logo foi identificada a ocorrência, as autoridades foram notificadas. "Nossa equipe agiu para garantir a segurança de nossos clientes, funcionários e lojistas".

O shopping informou ainda que colabora com a Polícia Militar no compartilhamento de qualquer informação sobre o caso. O atendimento no local voltou ao normal no início da tarde de sexta.

Área do shopping foi isolada por viaturas da Polícia Militar. (Foto: José Aldinan)

****

Segurança

O DC opta por não exibir nomes, rostos ou detalhes que identifiquem os personagens envolvidos em matérias de crimes e acidentes, por entender que qualquer exposição pode prejudicar as vítimas e/ou seus familiares, bem como para evitar a exibição de rostos e nomes de suspeitos ou vítimas que posteriormente, venham a ser injustamente prejudicados.