Rio 2016

Brasil vence Rússia e enfrenta Itália na final do vôlei

Foi a melhor revanche possível. E um baile dentro de quadra. Após perder a medalha de ouro em Londres 2012, o Brasil deu o devido troco nos russos na noite desta sexta (19) ao vencer a semifinal do voleibol masculino dos Jogos Rio 2016 por 3 sets a 0 (25/21, 25/20 e 25/17). Esta é a quarta fina consecutiva da equipe comandada pelo técnico Bernardinho - feito inédito na história dos Jogos. Aos gritos de “o campeão voltou”, e com bastante apoio da torcida, que mais uma vez lotou o Maracanãzinho, o Brasil contou com grande atuações de Wallace, autor de 18 pontos, e Lucarelli, que marcou dez, para vencer a Federação da Rússia e enfrentar a Itália na grande decisão, que no jogo anterior passou pelos Estados Unidos.

"É difícil falar porque só a gente sabe como lutamos para chegar até aqui. É pesado para mim, com a idade que eu tenho. É difícil acreditar que estou na quarta final Olímpica. Agora, temos que descansar e fazer história dentro de casa. Vamos dar a vida aqui no domingo", garantiu o líbero Serginho, de 40 anos, durante entrevista a FolhaPress.

A final de domingo (21), às 13h15, vai colocar frente a frente duas equipes de muita tradição. Brasil e Itália ganharam seis dos últimos sete Campeonatos Mundiais. Além disso, decidiram os Jogos Atenas 2004, quando a seleção brasileira conquistou o segundo ouro de sua história. No primeiro, em Barcelona 1992, a Itália era considerada favorita, porque tinha sido campeã mundial dois anos antes, mas sequer chegou à final. Os italianos ainda se tornariam tricampeões mundiais em 1994 e 1998.