Cidades

Cerca de 6 mil pessoas de Ponta Grossa já pegaram o coronavírus, diz Ibope

Por Walter Téle Menechino

Atualizado por Luana Souza - 9h33

Quase 6 mil pessoas em Ponta Grossa já contraíram o novo coronavírus e apresentaram anticorpos. As informações são da pesquisa Ibope, realizada em parceria com a Universidade Federal de Pelotas (UFPEL) e financiada pelo Ministério da Saúde, que visitou 99.750 casas em 133 cidades brasileiras para realizar testes rápidos para o vírus. 

O resultado da pesquisa foi divulgado pelo prefeito Marcelo Rangel em seu programa na Rádio Mundi na manhã desta quarta-feira (27). Segundo o prefeito, ele teve acesso ao resultado da pesquisa na noite de ontem. Rangel destacou que Ponta Grossa não registrou, até esta manhã, nenhuma morte.

O prefeito apresentou, ainda, em suas redes sociais, uma parte da pesquisa com uma tabela em que consta 19 cidades que fizeram parte do estudo, incluindo Ponta Grossa. O teste rápido utilizado pelos pesquisadores indica se a pessoa examinada tem ou não anticorpos ao novo coronavírus.

Só foram testadas as pessoas que não apresentaram nenhum tipo de sintoma da doença, como tosse, febre e desconforto respiratório. Somente em Ponta Grossa, foram aplicados 5.980 testes, o que indica que 1,7% da população já está imune à doença. 

Ainda segundo a pesquisa, o Rio de Janeiro é onde os contaminados mais morrem, com uma estimativa de casos de 147.816 e índice de mortalidade de 1,92%.

Oficialmente, Ponta Grossa tem 62 casos confirmados, sendo que a última ocorrência, divulgada na terça-feira (26), foi o primeiro caso de transmissão comunitária. Sobre isso, Rangel disse que está estudando novas medidas de restrição à região do bairro Oficinas, onde reside o paciente.

A pesquisa completa deverá ser divulgada na capa da página oficial do Ministério da Saúde (www.saude.gov.br). Mas, até a manhã desta quarta-feira (27), as informações ainda não constavam na página do portal.