Find!

Clube do Miau: "acolher os gatinhos no frio é essencial para a sobrevivência deles"

Se os animais que possuem tutores precisam de ainda mais atenção durante as estações mais frias, imagine os que vivem nas ruas. Algumas ONG's se responsabilizam pelo cuidado e tratamento de bichinhos de rua, mas a quantidade de cães e gatos abandonados é tão grande, que fica difícil fazer o trabalho sem ajuda da população. Geralmente, o cuidado consiste no resgate, tratamento veterinário, vacinação, castração e higienização, para só depois os animais serem colocados para adoção.

A voluntária do Clube do Miau, Thaís Beluzzo, explica que, como as gatas são animais poliestricos gestacionais, ou seja, que entram no cio em determinadas épocas do ano, principalmente quando está quente, o pico de resgates é no verão. Nas estações mais frias, as adoções ficam um pouco estagnadas. "Gostamos de focar em castrações no inverno para evitar que mais gatas entrem no cio quando o calor voltar e, assim, diminuir o número de gatinhos abandonados anualmente".

Thaís ressalta que acolher os gatinhos nessa época de frio é essencial para a sobrevivência deles. "Você pode ajudar com cobertinhas, ou até caixinhas de papelão (eles amam), em caso de filhotes é muito importante manter a temperatura com garrafas de água quente abaixo dos cobertores. Ajudar também com a alimentação é importante principalmente para gatos ferais (animais de rua não acostumados com a convivência humana) que dependem da caça, que nessa época é escassa. Basta deixar ração em potinhos numa área de fácil acesso da sua casa", exemplifica.

Para quem tiver interesse em contribuir com o Clube do Miau, é possível ajudar de várias formas: apadrinhando castrações dos 'resgatinhos', sendo lar temporário, doando ração ou areia e também comprando os produtos feitos pelo Clube. "Toda ajuda é mais que bem-vinda e ficamos muito contentes em ver cada vez mais pessoas conscientizadas", finaliza a voluntária.

Alguns dos gatinhos resgatados pelo Clube do Miau, prontos para adoção
Fotos: Lorena Rifert Bandeira/Clube Do Miau