Vídeos

Colégio Regente Feijó realiza simulação de incêndio

O Corpo de Bombeiros de Ponta Grossa, em conjunto com a Secretaria Estadual de Educação, realizou na manhã de quinta-feira (21), um Simulado de Evacuação e Abandono de edificação em decorrência de explosão. O cenário escolhido foi o Colégio Estadual Regente Feijó, que conta com cerca de 800 alunos matriculados no período matutino. A situação simulada foi uma explosão no pavimento térreo. Viaturas de combate ao incêndio e ambulâncias do Siate e Samu realizaram o deslocamento até a sede do colégio para simular o resgate das vítimas, enquanto funcionários da instituição coordenaram os alunos como abandonar o prédio de forma segura.

De acordo com a oficial de Comunicação Social do 2° Grupamento do Corpo de Bombeiros, Keyla Karas, todos os ocupantes, funcionários e alunos, deslocaram-se de modo ordenado pelas rotas de fuga da escola até o ponto de encontro, neste caso a Praça Barão do Rio Branco, por ser um local distante da área atingida e seguro.

Ao chegar ao local, o Corpo de Bombeiros realizou o reconhecimento de toda a situação e iniciou o atendimento empregando todos os recursos necessários. Enquanto a guarnição do caminhão fez o combate ao incêndio e o resgate de pessoas nos ambientes com fogo e fumaça, as equipes das ambulâncias realizaram o atendimento das vítimas.

"É muito importante ressaltar que o abandono adequado da edificação nesses casos permite que mais ninguém seja atingido pelo evento danoso. O treinamento de abandono é uma ação que vem sendo executada desde o ano de 2012 no Paraná, juntamente com a formação da Brigada Escolar", disse a oficial.

A iniciativa, além de garantir condições mais seguras aos alunos e ocupantes das instituições de ensino, visa formar jovens e adultos mais conscientes da importância da prevenção e capazes de agir com mais segurança dentro e fora da escola.

Todos os colégios estaduais e instituições conveniadas atendidos pelo Núcleo Regional de Educação executam esses treinamentos de abandono pelo menos uma vez por semestre. Em Ponta Grossa são 49 escolas estaduais e mais nove instituições conveniadas. Desde o início do programa, o Núcleo já capacitou mais de 4000 funcionários em toda a região.

(Foto: Fábio Matavelli)