Política

Com Ratinho Junior e Sandro Alex, Rangel anuncia mais R$ 35 milhões para Ponta Grossa 

(Foto: Reprodução/Facebook)

Foi anunciado nesta tarde (12) um investimento de R$ 35 milhões em infraestrutura para o Aeroporto Municipal Comandante Antonio Amilton Beraldo, mais conhecido por Aeroporto Sant’Ana (PGZ). O recurso foi assegurado em Brasília em uma reunião entre o prefeito de Ponta Grossa, Marcelo Rangel, o secretário de Estado da Infraestrutura e Logística, Sandro Alex, o governador do Paraná, Ratinho Júnior, e o secretário nacional de Aviação Civil, Ronei Glanzmann, e sua equipe. O investimento será fruto de de uma parceria entre os governos federal, estadual e municipal.

A verba deverá ser destinada a melhorias no terminal de passageiros, estacionamento de veículos, taxiway – espaço para deslocamento em solo e/ou manobra de aeronaves –, pátio e área de giro de aeronaves. Na oportunidade, o secretário nacional destacou a importância do aeródromo ponta-grossense. “A aviação regional é de extrema importância pela sua racionalidade econômica, e Ponta Grossa tem demanda e está na nossa carteira de investimentos”, apontou Ronei Glanzmann.

O prefeito Marcelo Rangel lembrou que têm sido feitas melhorias constantes no local, que foi reinaugurado em 2016. “No ano passado fizemos a revitalização da pista, já ofertamos um posto de abastecimento de aeronaves e estamos rumo à ampliação da oferta de voos comerciais, graças aos nossos investimentos já feitos”, lembra Rangel.

Já o governador Ratinho Júnior destacou o papel do aeroporto Sant’Ana para a mobilidade no Paraná. “Ele [aeroporto] é importante não só para Ponta Grossa, mas para todo o estado. Ontem também já fizemos um outro grande anúncio para a cidade, de instalações industriais de R$ 120 milhões”, ressaltou o governador, referindo-se à nova fábrica de matéria-prima da Mars que foi confirmada na tarde desta-segunda-feira (11).

Durante a reunião o secretário de estado Sandro Alex garantiu o encaminhamento burocrático do processo. “Os documentos serão encaminhados para que possamos licitar a obra o quanto antes, atendendo às demandas crescentes do aeroporto”, apontou Sandro Alex.

Melhorias estruturais

Segundo informações do superintendente do Aeroporto Sant’Ana, Victor Hugo Oliveira, o recurso será utilizado para a ampliação do terminal de passageiros, que deverá contar com o dobro do espaço atual, melhorias no estacionamento de veículos, ampliação do pátio de aeronaves e a construção de uma área de giro e de mais uma taxiway.

“Hoje não temos área de giro, que é o local na cabeceira da pista que facilita as manobras e mantém a pista em conservação, e passaremos a contar com duas taxiways, o que permitirá maior fluxo e o tráfego de aeronaves de maior porte”, explica o superintendente.