Imóveis

Como escolher e instalar a iluminação natalina

 

 

As festas de final de ano estão chegando e com elas o desejo de decorar a residência com os tradicionais enfeites natalinos. Entre os itens decorativos mais procurados para essa ocasião estão as luzes natalinas.

Se por um lado a iluminação deixa os ambientes mais bonitos e especiais, a escolha e a instalação desses materiais devem ser realizadas com muita atenção para evitar acidentes e curtos-circuitos além do consumo excessivo de energia elétrica.

"Antes de comprar esses kits é indicado fazer uma revisão na instalação elétrica do imóvel, pois é muito comum encontrar o sistema elétrico sobrecarregado e com maiores riscos de ocasionar choques elétricos, sobrecargas ou curtos-circuitos", orienta o professor e engenheiro eletricista Hilton Moreno.

De acordo com o profissional, com a revisão da instalação elétrica é possível avaliar o estado de conservação do quadro de luz, dos fios e cabos elétricos, das tomadas e interruptores, dos disjuntores e dos dispositivos DRs, entre outros.

Já na hora de comprar o kit de iluminação natalina, o primeiro passo é conferir se na embalagem dos enfeites há o selo de conformidade com a certificação do Inmetro, pois ele garante que o produto e os seus condutores elétricos foram produzidos conforme as normas técnicas brasileiras. "Avalie também as condições da embalagem, o aspecto do produto, se possui boa aparência, se a tensão elétrica é 110 ou 220 V e se o kit é indicado para uso interno ou externo", ressalta Rosevaldo Toaliari, supervisor de desenvolvimento de produtos e processos.

Segundo ele, se o produto for certificado, certamente o consumidor encontrará em sua caixa o nome e o telefone da assistência técnica do fabricante, qual sua potência e consumo de energia, como usá-lo com segurança e as formas de armazenamento para reutilização nos próximos anos.

Também é fundamental que os condutores elétricos dos kits tenham dimensões compatíveis com os fios e cabos instalados no imóvel, assim como com os outros componentes da instalação elétrica como as tomadas, os disjuntores e o dispositivo DR.

Entre as diversas opções existentes atualmente no mercado, as que possuem iluminação com LED no formato de "mangueiras" são consideradas as mais seguras, resistentes e que garantem principalmente economia de energia.

Para o sucesso da instalação de sua decoração de Natal e para maior durabilidade dos produtos adquiridos siga as dicas:

1 - Coloque os enfeites diretamente nas tomadas próximas ao ponto de utilização. Evite ligar a iluminação de Natal em extensões ou benjamins, pois esses componentes podem ocasionar sobrecarga, aquecimento e curto circuito na rede elétrica. Caso tenha que usar um destes dispositivos, certifique-se de que eles não se aqueçam além do que podem suportar;

2 - Em áreas externas escolha somente os produtos para essa finalidade, como os kits do tipo mangueira, pois os mesmos são fabricados com compostos especiais que resistem à ação do tempo. Além disso, é aconselhado usar conduítes para a passagem dos fios ou cabos da instalação elétrica que alimentam o kit;

3 - Lembre-se também que é preciso ter atenção com relação às crianças, que nunca devem brincar com esses materiais. Por mais que o produto seja certificado sempre há riscos de os pequenos levarem choques;

4 - Quando bem conservados, esses kits podem ser reutilizados por vários anos desde que sejam guardados corretamente. Antes de novo uso faça uma inspeção nos seus respectivos fios e cabos elétricos e, se estiverem trincados, duros ou ressecados, o material deve ser descartado;

5 - Não tente consertar a iluminação natalina, pois isso resultará em falhas na iluminação e problemas na instalação elétrica;

6 - Nunca aplique a iluminação de natal perto de enfeites de papel, plástico, cortinas das janelas ou de outros materiais inflamáveis;

7- Para a ligação da decoração de natal, se possível não utilize as tomadas de ambientes como lavanderias, banheiros, varandas, entre outros, que, por estarem constantemente molhados, podem causar alguns acidentes elétricos.