Economia

Compagas registra expansão de 20%

A Compagas (Companhia Paranaense de Gás) aumentou a sua distribuição em 20% em 2019. O volume de gás distribuído no Paraná alcançou a média anual de 1,4 milhões de m³/dia. O resultado confirma o bom momento da indústria paranaense, que registrou crescimento de 5,7% no ano, o melhor desempenho do país.

“O gás natural canalizado, insumo de grande importância para o setor, teve uma alta considerável puxada por esse movimento”, afirma Rafael Lamastra, diretor-presidente da Compagas. “O mérito é das medidas que estão sendo tomadas pelo Governo do Paraná para melhorar a economia e a infraestrutura do Estado”, completa.

Do volume total distribuído pela Companhia, 85% foram destinados à indústria. Entre aquelas que iniciaram o consumo em 2019 estão a Copo do Brasil, a Rochesa, a Isogama e a BO Paper.

Além do incremento na distribuição, mais consumidores passaram a contar com o gás canalizado. No período foram ligados mais de 3,3 mil novos clientes. Para manter o ritmo de crescimento, a Compagas investiu R$ 14 milhões em obras de ampliação e de integridade de rede.

“Crescemos 8% em número de clientes e alcançamos mais de 47 mil unidades nos segmentos residencial, comercial, veicular e industrial, onde queremos gerar maior produtividade em 2020”, afirma Lamastra. Neste ano, o diretor presidente da Compagas explica que o objetivo é otimizar os investimentos já realizados e investir em estudos para a expansão e ampliação da participação do gás natural na matriz energética do Estado.

Sobre

Empresa de economia mista, tem como acionista majoritária a Companhia Paranaense de Energia - Copel, com 51% das ações, a Gaspetro, com 24,5%, e a Mitsui Gás e Energia do Brasil, com 24,5%.

Em março de 2000, a empresa passou a ser a primeira distribuidora do Sul do país a fornecer o gás natural canalizado aos seus clientes, com a inauguração do ramal sul do gasoduto Bolívia-Brasil (Gasbol).

Atualmente, a Compagas conta com mais de 47mil clientes dos segmentos residencial, comercial, industrial, veicular e geração de energia elétrica e está presente em 16 municípios: Araucária, Curitiba, Campo Largo, Balsa Nova, Palmeira, Ponta Grossa, São José dos Pinhais, Colombo, Quatro Barras, Fazenda Rio Grande, Pinhais, Campina Grande do Sul, Paranaguá, Carambeí, Castro e Arapoti.