Literatura

Conselheiro Mairinck é 10ª cidade a receber o Pegaí

Assim como grande parte das estantes do Pegaí Leitura Grátis, a de Conselheiro Mairincki é diferenciada e foi batizada de Capitu.

O Instituto Pegaí Leitura Grátis levou a sua proposta de democratização de leitura a mais uma cidade paranaense. Conselheiro Mairinck é o 10º município a receber uma estante do Pegaí. Por lá, os moradores podem emprestar os livros no Coreto da Praça Central, localizada ao lado da Igreja Matriz. Como em todas as cidades presentes, Conselheiro Mairinck já conta com voluntária capacitada para fazer o projeto funcionar.

A procuradora da Câmara Municipal Andréia Vivian Amaral Valentini foi quem descobriu a proposta de leitura grátis. Moradora de Ibaiti, ela já tinha se deparado com uma estante Pegaí. “Ela entrou em contato, recebeu nossas orientações e já começou a trabalhar”, lembra o coordenador do Instituto Pegaí, Idomar Augusto Cerutti, destacando a autorização do local para receber a estante, e a movimentação no comércio para o município iniciar a campanha ‘Transforme seu Cupom em Leitura’. “Por meio da campanha é que recebemos recursos do Nota Paraná”, explica Cerutti.

Assim como grande parte das estantes do Pegaí Leitura Grátis, a de Conselheiro Mairincki é diferenciada. “A batizamos de Capitu”, conta a nova voluntária, explicando que a personagem da obra Dom Casmurro é uma mulher à frente do seu tempo, que desperta mistério, um enigma a ser descoberto. “Assim deve ser a leitura, fazer com que desperte o interesse do leitor”, dispara.

Profissional na Câmara Municipal de Conselheiro Mairincki, Andreia espera que a chegada do Pegaí Leitura Grátis fomente a cidadania no município. “Espero melhorias no que se refere à educação e à cultura”, revela. Para ela, a chegada do Pegaí será essencial para que isso aconteça.