Agroleite 2015

Cooperativas inauguram maior unidade de carne suína do país

Inauguração faz parte da programação do Agroleite. Frigorífico iniciou a produção em janeiro e já está exportando

As cooperativas Frísia, Castrolanda e Capal programaram uma surpresa para seus cooperados. Elas irão inaugurar a maior unidade de carne suína do país, com a marca Alegra. A fábrica, fruto da intercooperação, está localizada no distrito industrial de Castro, às margens da PR-151. Com investimento de R$ 200 milhões, a planta industrial entrou em operação em janeiro e em maio abriu mercado internacional, exportando o primeiro lote de carcaças para Hong Kong. O container, embarcado pelo Porto de Paranaguá, continha 27 toneladas de produto.

De lá para cá, a produção não parou mais e hoje são industrializados, além da carcaça, cortes e embutidos como presunto, bacon, salame, defumados, linguiças, temperados/marinados, entre outros.

O frigorífico abate cerca de 300 suínos por hora, ou 50 mil suínos por mês, representando 600 mil animais ao ano. As cooperativas preveem expandir a produção até 2025, com o abate chegando a nove mil suínos por dia. Atualmente, a maior planta do Brasil trabalha com seis mil suínos diariamente. Hoje são 539 funcionários trabalhando na estrutura.

Marca

A marca Alegra foi desenvolvida pelo analista de criação e designer Amauri Castro, da área de Comunicação da Castrolanda. A elaboração envolveu as três cooperativas, que realizaram visitas técnicas aos supermercados, sondagens em Curitiba e São Paulo e em unidades da Alemanha.

Intercooperação

Através da intercooperação, as cooperativas construíram o moinho de trigo Herança Holandesa, a Unidade de Beneficiamento de Leite e a Unidade Industrial de Carnes.


Antes mesmo de inaugurar, Alegra ganhou mercado externo

Foto: Divulgação