Esportes

Cruzeiro perde para o Vasco e segue na zona de rebaixamento

O Cruzeiro lutou muito, mas acabou derrotado pelo Vasco da Gama na noite dessa segunda-feira, no estádio de São Januário, no Rio de Janeiro, fechando a 36ª rodada do Campeonato Brasileiro. O placar de 1 a 0 foi construído no início da primeira etapa com gol marcado por Guarin. Com 36 pontos, o time mineiro segue na zona de rebaixamento da competição.

O time celeste permanece no Rio de Janeiro e volta a treinar nesta terça-feira se preparando para o jogo de quinta-feira para o confronto com o Grêmio, na Arena do adversário, em Porto Alegre.

O técnico Adilson Batista falou sobre a derrota. Para o treinador, o time celeste teve a procura pelo resultado no jogo, mas sofreu com a vontade do adversário na partida, principalmente depois do gol marcado.

“Evidente que tivemos uma proposta inicial para competir, para induzir e sair rápido. Não tivemos êxito. Mesmo assim, o Vasco deu um chute e se fechou. Tivemos volume pela direita, mas pecamos em escanteio, em jogadas trabalhadas, último passe. Minha intenção, em relação ao segundo tempo, foi ter duas linhas de quatro. Arrisquei com Ezequiel, tirando o Pedro (Rocha). Tivemos um volume muito melhor, mais posse, criamos três oportunidades para fazer, mas infelizmente não fizemos” disse o treinador.

O treinador falou sobre o resultado, mas evidenciou que o time precisa buscar o triunfo na próxima partida. Para Adilson, o time tem que lutar contra o Grêmio e respeitar a história do Clube.

“É lamentar e reagir o mais rápido possível. Sabemos do que necessitamos. Temos seis pontos para jogar, precisamos ir em Porto Alegre e fazer o jogo da vida, como era hoje. E continuar acreditando. Sei que é difícil, existe cobrança, tem o lado emocional, mas passo para que mantenham discernimento, concentração, motivação, respeito pela instituição”, finalizou.