Esportes

Definidas as faixas etárias da Copa do Mundo de Ponta Grossa

A Copa do Mundo de Ponta Grossa de futebol terá a sua oitava edição em homenagem ao professor Antonio José França Satyro, falecido no mês de abril, aos 88 anos, em decorrência de um infarto. A perda causou consternação na comunidade esportiva ponta-grossense, que durante mais de seis décadas acompanhou a trajetória do Professor Satyro e o desenvolvimento de suas criações, principalmente os Jogos Estudantis da Primavera e a Copa do Mundo de Ponta Grossa.
O secretário Marco Antonio Macedo, dos Esportes do Município, a retomada da competição estava em andamento desde o início do ano. “A ideia era homenagear o Professor Satyro em vida, incentivando a prática do futebol para jogadores veteranos, com mais de cinquenta anos; a sua morte trouxe tristeza, mas redobra a motivação para assegurar o brilho que a competição teve nos seus melhores dias”, afirma o dirigente.
Na quinta-feira (11) aconteceu a reunião preliminar para a apresentação do regulamento e a definição das faixas etárias, no Ginásio Oscar Pereira, com a presença de dezesseis dirigentes das seleções mais o coordenador da Copa do Mundo, o professor Carlos Alberto de Oliveira.
Na oportunidade foi decidido o período de realização da competição, entre os meses de outubro e novembro deste ano, com os atletas devendo ser descendentes das etnias que representarão. Nos jogos cada equipe poderá ter um goleiro com idade igual ou acima de 40 anos; quatro jogadores de linha com idade entre 50 e 54 anos; quatro com 55 a 59 anos; e dois com 60 anos ou mais.
Uma prévia do regulamento foi entregue aos dirigentes, que poderão apresentar sugestões para a redação do texto definitivo. “Foi um encontro produtivo deixando a certeza de sucesso da nossa Copa do Mundo; ainda há espaço para que mais equipes sejam incluídas”, finaliza o coordenador.