Saúde

Dormir de lado é a posição menos agressiva para a coluna

O fisioterapeuta Fabiano Carvalho, a pedido da Flex do Brasil, avaliou algumas das posições mais comuns nas quais as pessoas dormem. Segundo o profissional, que tem 14 anos de experiência, dormir de lado é a posição menos agressiva para a coluna, pois mantém a integridade da postura e permite uma noite de sono mais tranquila e reparadora, além de prevenir dor das costas e outros problemas.

"As horas de sono são de extrema importância para a qualidade de vida e o bem estar. Quando dormimos de lado, devemos usar um travesseiro na altura do ombro e outro entre os joelhos levemente flexionados para manter toda a coluna mais alinhada, da cervical até o quadril". Para conforto extra, ele dá a dica de abraçar um terceiro travesseiro e, ao escolher colchão de mola, dar preferência para um de mola ensacada, tecnologia que se adapta melhor às formas estruturais do corpo.

Para o fisioterapeuta, é importante preservar as curvaturas fisiológicas da coluna vertebral durante o dono. Isso previne o aumento do estresse na área com menos compressão nos discos intervertebrais, assim como uma melhor nutrição e reparação desta parte do corpo. "Uma má postura ao dormir pode aumentar o risco de hérnias discais e outras complicações no disco e corpo vertebral, como a escoliose", destaca.

Costas e bruços

Para quem dorme de costas ou de bruços e não consegue se adaptar a dormir de lado, há maneiras paliativas de diminuir o impacto diário de oito horas de sono na coluna. Conforme informa Carvalho, quem dorme de costas deve usar um travesseiro baixo para evitar a projeção da cabeça para a frente, minimizando as complicações cervicais e dores no pescoço. Outra recomendação é um segundo travesseiro embaixo dos joelhos, proporcionando uma leve flexão do quadril, o que deixa a lombar mais estabilizada e não tão curvada.

Já para quem dorme de bruços, uma má notícia: é a pior posição, independente da sensação de conforto que alguns sentem. Mas um travesseiro bem fino embaixo do umbigo e nenhum travesseiro sob a cabeça podem tirar um pouco da pressão lombar. Um outro alerta diz respeito aos que não apenas dormem assim, mas também deixam o braço embaixo do travesseiro, resultando num pinçamento na região do ombro, uma das principais causas de tendinite.