Cidades

Entidades de PG já podem se cadastrar no site SOS Pandemia

Plataforma foi lançada nesta semana por iniciativa de alunos e docentes da UTFPR (Foto: Fábio Matavelli)

Entidades e hospitais de Ponta Grossa já podem se cadastrar no site SOS Pandemia para solicitar ajuda com doações de máscaras e outros equipamentos de segurança e combate ao novo coronavírus. A plataforma - (https://sospandemia.org/) - foi desenvolvida pela Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) – campus Ponta Grossa – em parceria com o Hospital Universitário Regional dos Campos Gerais.

A página na web foi lançada nesta semana por iniciativa de alunos e docentes da UTFPR, com a meta de cadastrar de forma organizada as demandas de entidades que estão trabalhado diretamente contra a covid-19 no município.

“Se você tem uma entidade, por exemplo, e precisa de doação de máscaras e/ou cestas básicas, por exemplo, pode se cadastrar no site para solicitar. Por outro lado, empresas ou até mesmo outras entidades que queiram doar, podem ter acesso pela plataforma SOS Pandemia”, explica a professora da UTFPR Sani de Carvalho Rutz da Silva, do programa de Pós-graduação em Ensino de Ciência e Tecnologia.   

Entre as entidades que podem ser cadastradas estão hospitais, unidades de saúde, associações, igrejas e ONG’s. As demandas imediatas para doações são desde equipamentos básicos de proteção individual como máscaras, luvas e aventais e reparos como equipamentos hospitalares, alimentos, produtos de limpeza, entre outros.

“Queremos dar visibilidade. Sabemos que com essa pandemia, muitas pessoas estão produzindo máscaras, mas não sabem onde distribuir. Então a plataforma vem justamente para ajudar quem precisa e auxiliar empresas e outras entidades que queiram ajudar com doações”, diz a professora Sani.

 

Envolvidos

Foram oito pessoas trabalhando para a implantação desta ferramenta na web que já tem reunido várias entidades cadastradas individualmente, entre os envolvidos estão professores e estudantes da pós-graduação. Além desses, ainda apoiam p projeto as empresas Escritório de Criatividade e WebAge Solutions. Como segundo passo, em alguns dias será lançado o aplicativo SOS Pandemia para uso em smartphones. O objetivo é facilitar a aquisição de produtos e serviços àqueles que mais necessitam. (L.S.)