Esportes

Fantasma ganha mais tempo para reabilitação do elenco e também na tabela

O próximo compromisso do Operário Ferroviário pelo Campeonato Brasileiro da Série B acontece no dia 20 de agosto, uma terça-feira, contra o Guarani de Campinas, às 19h15, no Estádio Germano Krüger. Com 21 pontos, a equipe de Vila Oficinas tem uma semana inteira para a recuperação dos atletas e encaixar o time em busca da reabilitação na tabela.


Após dois jogos seguidos, na última rodada, na segunda-feira (12), com várias mudanças, o Fantasma perdeu para o Bragantino, líder isolado da competição, com 31 pontos. O jogo aconteceu no Estádio Nabi Abi Chedid e terminou com placar de 4 a 0.

O técnico Gerson Gusmão falou sobre a derrota diante do líder da competição. “Jogamos contra uma grande equipe, que estava em uma noite boa, e nós estávamos muito abaixo do que podemos fazer, do que precisamos render, do que a competição exige. Foi um resultado justo por aquilo que a gente não conseguiu fazer. E agora temos o Guarani pela frente e uma semana para trabalhar, recuperar alguns jogadores. Nós sabíamos que teríamos dificuldades pelas mudanças. Quando se muda muito a equipe, se mexe na estrutura, as coisas ficam complicadas, mas algumas alterações a gente tem que fazer por necessidade, outras por ordem médica. Procuramos colocar em campo aqueles atletas que estavam em melhores condições. Infelizmente, estávamos muito abaixo do que podemos render e acabamos perdendo por um resultado elástico.”

O jogo

O time da casa abriu o placar aos 15 minutos do primeiro tempo, com gol de Matheus Peixoto. Léo Ortiz ampliou aos 28 minutos. Na segunda etapa, os gols saíram aos 42 e 45 minutos, com Tubarão e Ytalo. Apesar do placar elástico, o goleiro André Luiz fez defesas importantes.

O Alvinegro iniciou o jogo com André Luiz, Danilo Báia, Lázaro, Edson Borges, Peixoto, Chicão, Índio, Marcelo, Cleyton, Cléo Silva e Bruno Batata. No segundo tempo, entraram Julinho, Lucas Batatinha e Jean Carlo para saída de Índio, Edson Borges e Cleyton.