Música

Festival Universitário da Canção começa nesta quinta-feira

Começam nesta quinta-feira (13) as atividades do 32º Festival Universitário da Canção (FUC), no Cine Teatro Ópera. O evento, que é um dos mais importantes do calendário cultural de Ponta Grossa, chega à sua 32ª edição com grandes nomes da música brasileira, buscando democratizar o acesso à música e à cultura.

Nesta quinta-feira acontece a etapa regional, com artistas locais, e na sexta (14), a etapa nacional, para a qual foram selecionados artistas de 13 estados brasileiros. No sábado (15) será a grande final, com show de Wagner Tiso e convidados (India Tiso e Marcio Malard), em um espetáculo que comemora seus 60 anos de carreira. Nesta quinta o show fica por conta da banda ponta-grossense A Coisa, e na sexta, com o Quartetto Sentinela.

De acordo com Sandra Borsoi, diretora de assuntos culturais da Pró-Reitoria de Extensão e Assuntos Culturais, o FUC é fundamental diante do papel da UEPG na região. “A universidade pública tem como função formar culturalmente a sociedade e o FUC abre essa possibilidade de fortalecimento. Além disso, também temos a oportunidade de contribuir para o potencial técnico e artístico da região e do país. As pessoas que apreciarem o festival terão a oportunidade de ouvirem músicas brasileiras de excelente qualidade, além do próprio processo de intercâmbio cultural promovido pelo evento”, conta a professora.

Para adquirir ingressos, o público deve se dirigir, durante o dia, à sede da Pró-Reitoria de Extensão (Proex), ao lado da Catedral de Ponta Grossa, ou aos guichês do Cine Teatro Ópera, a partir das 19 horas durante a semana. No sábado, os ingressos estarão disponíveis apenas durante a tarde e à noite no Cine Teatro Ópera. A entradas são vendidos a R$ 20 a inteira, R$ 10 a meia-entrada e R$5 para universitários. Crianças a partir de 8 anos de idade pagam meia-entrada.

Transmissão ao vivo

Neste ano, o Núcleo de Tecnologia e Educação a Distância (Nutead) irá realizar a transmissão ao vivo dos shows e apresentações para os polos de apoio da educação a distância. O objetivo é possibilitar o acesso destes estudantes à música e à cultura.