Vídeos

Gangue explode agências bancárias em Jaguariaíva

(Foto: André Szczerepa)

Os moradores de Jaguariaíva acordaram, por volta das 3 horas da madrugada desta segunda-feira (11), ao som de tiros e explosões. Um grupo criminoso formado por aproximadamente 10 pessoas chegou efetuando disparos de arma de fogo e destruiu duas agências bancárias, colocando em risco quem chegasse perto.
Segundo a PM, os criminosos se dividiram em três frentes de ação, sendo que uma equipe foi até a frente da sede do Pelotão da PM, onde efetuaram os primeiros disparos. Na sequência, mas quase que simultaneamente, outro dois grupos se dedicavam a invadir duas agências bancárias na área central da cidade.
Os criminosos dispararam contra as portas da agência, para terem acesso ao interior. Um dos estabelecimentos estava equipado com um sistema que, em caso de tentativa de furto, dispara uma cortina de fumaça. Com isso, a primeira agência ficou bastante destruída, mas nada foi levado.
Na segunda agência, os ladrões conseguiram entrar e fizeram uso de explosivos, mas não há informação do que foi levado.
Chamou a atenção o armamento pesado utilizado pela gangue. Quando a PM conseguiu chegar à área das explosões, o bando, que estaria em três automóveis, já havia se evadido. Mas havia vários cartuchos de fuzis, armas de uso restrito, além de um rádio-comunicador usado na ação criminosa. Dois veículos, sendo um caminhão e um veículo de passeio, foram alvo de disparos porque seus condutores passavam pelo local no momento do furto. Felizmente, ninguém ficou ferido.
Um dos carros utilizados no crime foi localizado em seguida em uma região rural de Jaguariaíva. Trata-se de um Chevrolet Spin tomado de assalto em Curitiba, e que foi deixado na saída para Sengés. O carro e as agências passaram por perícia para identificar os autores.

Imagens: André Szczrepa