Economia

Gasolina chega a ser vendida por R$ 3,69 em Ponta Grossa

Isolamento social devido ao novo coronavírus provoca queda de 70% na venda de combustíveis
(Foto: Fábio Matavelli/DC)

Entre as principais cidades do Paraná, Ponta Grossa geralmente figura entre as primeiras no ranking do menor preço médio de gasolina, calculado semanalmente pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). No levantamento referente à semana passada e divulgado nesta quinta-feira (26), por exemplo, o maior município ficou atrás apenas de Curitiba, que registrou uma média de R$ 4,082 entre os seus 54 postos pesquisados, frente aos R$ 4,177 de Ponta Grossa.

Porém, um dado que chama ais ainda a atenção é a queda do preço do litro do combustível nos últimos dias: enquanto na semana passada Ponta Grossa tinha, segundo a ANP, preço mínimo de R$ 3,999, nesta quinta-feira (26) a gasolina chegou a ser vendida por R$ 3,699, de acordo com dados da ferramenta “Menor Preço” do programa Nota Paraná. Considerando os dois valores, a baixa é de 7,5% - e essa porcentagem ainda pode aumentar.

A Petrobras informou que, com uma nova redução de 15% a partir desta quarta-feira (25), o preço médio da gasolina nas refinarias passa a ser R$ 1,14 por litro. Este é o menor preço cobrado pela companhia desde 31 de outubro de 2011. No acumulado do ano, a redução do preço da gasolina é de cerca de 40%.

O repasse de ajustes dos combustíveis nas refinarias para o consumidor final nos postos não é imediato e depende de diversos fatores, como consumo de estoques, impostos, margens de distribuição e revenda e mistura de biocombustíveis.

Tendência

Segundo o presidente da Associação dos Operadores dos Postos de Combustíveis de Ponta Grossa e Região, Helio Sacchi, as distribuidoras repassaram esta última redução da Petrobras para os postos nesta quinta-feira (26). “Por isso o preço do litro pode baixar até o final de semana”, estima. Sobre a possibilidade de novas reduções nas próximas semanas, o empresário afirma que o preço mínimo deve ser estabilizado. “O barril do petróleo chegou a U$ 27 dólares, que é o limite para produzir”, explica.

O representante também afirma que outro motivo para a diminuição do preço da gasolina na bomba é a queda nas vendas, provocada pelo isolamento social de combate ao novo coronavírus. “Tivemos uma baixa de 70% nas vendas. O operador do posto, para conseguir manter seus funcionários, baixa mais o preço para ver se consegue manter o cliente”, explica Sacchi.

Estado

Em relação à Ponta Grossa ter, segundo o levantamento semanal da ANP, uma das gasolinas mais baratas do estado, o presidente da Associação afirma que isso é um fato comum. “E por conta da concorrência”, afirma.

 

Gasolina mais barata em Ponta Grossa

R$ 3,69: B. Branca/Rede Pianowski (Av. Carlos Cavalcanti), Posto BV/Shell (Av. Monteiro Lobato) e Condor/Ipiranga (Av. Monteiro Lobato)

R$ 3,79: B. Branca/Roslene (Praça Barão do Rio Branco)

*Os dados foram retirados do portal Menor Preço do programa Nota Paraná, considerando as datas de venda mais recentes disponíveis no início da tarde desta quinta-feira (26). Os dados são atualizados por minuto.

 

Os preços atualizados podem ser conferidos neste link: https://menorpreco.notaparana.pr.gov.br/app/combustivel

 

“Até este final de semana o preço deve baixar ainda mais e depois ficar com o mínimo estabilizado”, diz Helio Sacchi