Política

Gleisi Hoffmann participa do lançamento do comitê Haddad/Manuela em PG

Presidente nacional do PT, Gleisi é candidata a deputada federal (Foto: José Aldinan)

Depois de visitar Irati e Prudentópolis, a senadora e presidente nacional do Partido dos Trabalhadores (PT), Gleisi Hoffmann, cumpre agenda hoje, em Ponta Grossa, para o lançamento do Comitê Suprapartidário Haddad/Manuela, que tem como objetivo ampliar a divulgação nos Campos Gerais da chapa que concorre à presidência da República. O lançamento acontece no Espaço Ponta Grossa, na rua Teodoro Rosas, 1200, a partir das 20 horas. 
Em visita ao Diário dos Campos, acompanhada pelo deputado estadual e candidato à reeleição, Péricles de Mello (PT), Gleisi, que é candidata a deputada federal, destacou o trabalho que a coligação formada entre PT, PCdoB e Pros realiza na campanha de Haddad (PT) para a presidência. Haddad assumiu a chapa, tendo Manuela D'Ávila (PCdoB) como vice, depois que Lula - que está preso - foi impedido de concorrer pela justiça eleitoral. "Haddad tem subido muito nas pesquisas e acreditamos que chegará em primeiro lugar ao segundo turno", destaca. 
A senadora explica que decidiu concorrer a deputada federal ao invés de tentar reeleição ao Senado, para que o partido consiga fortalecer a bancada na Câmara - hoje o PT é a sigla com maior número de deputados. Gleisi explica ainda que sua absolvição pelo Supremo Tribunal Federal (STF) pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro em processo ligado à Operação Lava Jato, fortalece a campanha. 
Caso seja eleita, Gleisi afirma que seu mandato será focado na defesa dos direitos dos trabalhadores. "Sou contra a reforma da previdência e defendo a revogação da Emenda Constitucional 95 - que prevê o teto de gastos. Vamos lutar contra a privatização da Eletrobras", conclui. (P.L.)