Geral

Governo do Paraná assina acordo com CPB para desenvolvimento do paradesporto

Protocolo de intenções visa promover a cooperação para o desenvolvimento dos esportes para pessoas com deficiência no estado. O acordo prevê ainda a capacitação de profissionais de educação física do Estado do Paraná, além da criação de um centro de referência regional de treinamento para iniciação e alto rendimento.

O diretor-presidente da Esporte Paraná, Helio Wirbiski, e o presidente do Comitê Paralímpico Brasileiro, Mizael Conrado, assinaram no último sábado (13) um protocolo de intenções visando cooperação para o desenvolvimento dos esportes para pessoas com deficiência no estado.

O encontro sela o acordo que coordenará esforços das respectivas equipes técnicas para o planejamento e estruturação da capacitação dos profissionais de educação física do Estado do Paraná, além da criação de um centro de referência regional de treinamento, para iniciação e alto rendimento. O objetivo será o desenvolvimento de ações para inclusão das pessoas com deficiência no esporte, bem como aprimoramento das atividades paradesportivas aos atletas já praticantes.

“Precisamos consolidar a cultura da prática desportiva para pessoas com deficiência em todo o país, e o Paraná é uma Unidade da Federação de extrema importância neste processo. Queremos desenvolver nossos projetos, já bem sucedidos em São Paulo, aqui no estado e o apoio da Esporte Paraná é fundamental para o êxito desta ação”, citou Mizael Conrado.

Um dos programas mencionados por Conrado é o curso "Movimento Paralímpico: Fundamentos Básicos do Esporte", no formato de ensino à distância (EaD), de forma gratuita. A iniciativa faz parte da meta de capacitar até 100 mil profissionais de Educação Física, de todo o Brasil, em esportes adaptados até 2025.

A parceria será de suma importância para o desenvolvimento da área no estado, fator reforçado pelo presidente da Esporte Paraná. “Criamos um setor específico do paradesporto, com toda autonomia e apoio para que se possa cuidar dos atletas e ainda possamos elaborar um espaço para treinamento”, sinalizou Wirbiski, que ainda lembrou que “o governador Carlos Massa Ratinho Júnior disse que o governo do Paraná dará todo o apoio nesta área”.

“É motivo de alegria e orgulho para o estado do Paraná contribuir com o desenvolvimento do paradesporto, ainda mais neste momento, em que o estado dá cada vez mais importância a este tema”, disse Mário Sérgio Fontes, coordenador do paradesporto na Esporte Paraná.

O acordo ocorreu simultaneamente às disputas da Etapa Regional Rio-Sul do Circuito Brasil Loterias Caixa, organizado pelo CPB, no campus da Universidade Positivo, em Curitiba. O local acolheu desde a última sexta-feira mais de 600 atletas de cinco estados nas modalidades atletismo, natação e halterofilismo.

Participaram da cerimônia o presidente do CPB, Mizael Conrado; o diretor presidente da Esporte Paraná, Hélio Wirbiski; o coordenador de paradesporto da pasta, Mário Sergio Fontes; o vereador de Curitiba, Pier Petruzziello (PTB); Anelise Hermany, primeira mulher com deficiência a representar o Brasil em uma edição dos Jogos Paralímpicos, em Nova York 1984; Claudiane Pasquali, diretora de paraequestre da Federação Paranaense de Hipismo, neste ato representando o senador da República, Flávio Arns (Rede-PR); o segundo vice-presidente do CPB, Ivaldo Vieira Brandão, e demais membros da diretoria do Comitê Paralímpico Brasileiro e da Esporte Paraná.