Política

Governo quer tornar Paraná atraente a novos investidores 

Para governador Ratinho Junior o que transforma a vida de um estado é a geração de emprego (Foto: Rodrigo Félix Leal)

Em seu pronunciamento na solenidade de posse do novo presidente da Copel, na quarta-feira (16), Daniel Pimentel Slaviero, o governador do Paraná, Ratinho Junior (PSD) ressaltou o objetivo do governo do Estado é promover o desenvolvimento do Paraná, através da geração de riqueza e emprego. "O que transforma a vida de um estado e um país não é um governo, mas a geração de emprego e nós, neste novo momento, queremos criar um momento político-empresarial no estado para que o Paraná passe a ser o estado que estende tapete vermelho para aqueles que acreditam e querem investir no estado", destaca. 
Neste sentido, aponta o governador, o governo vai promover, no início de fevereiro, pela primeira vez na história do estado, o Paraná Day. "Vamos trazer mais de 50 empresários do Brasil e de fora para conhecer o potencial de desenvolvimento do nosso estado em todas as áreas, desde o turismo, infraestrutura, concessões, área industrial, automotiva. Vamos abrir o Paraná para o mundo para que estes investidores possam investir no estado e possam gerar mais empregos", aponta. 
Para o governador, o papel do Estado na criação deste clima propício a novos investimentos é fazer com que a máquina pública funcione e seja mais moderna. "A máquina pública no Brasil, ao longo de muitos anos, não acompanhou o desenvolvimento e modernização. Muitas repartições estão na década de 60, 70 e muitas nem precisam mais existir. Por isso, começamos reduzindo o número de secretarias, o que dará economia de R$ 40 milhões no ano com esta medida", frisa.

Ratinho Junior ressaltou que o Paraná e o Brasil vivem um momento de esperança. "Goste ou não do presidente Bolsonaro; goste ou não do governador Ratinho, o Brasil vive um novo momento. Existe uma esperança que não é só da população, mas também dos investidores internacionais, do mercado, dos geradores de emprego. Esta é uma oportunidade de nossa economia avançar", avança, destacando que diante deste contexto, o momento econômico e político é propício para o desenvolvimento do Paraná. 
 

Agenda positiva

"Eu vejo que o Paraná tem uma oportunidade maior que outros estados ou pelo menos maior do que já tivemos na história recente do estado, porque conseguimos construir - e muito mais por vontade da população que dos homens públicos - um ambiente favorável em cima de uma agenda positiva em defesa dos interesses do Paraná. Há muitos anos o Paraná não tem um relacionamento com Brasília e falo em especial do nosso Senado, onde os três senadores têm uma ligação direta e positiva com a agenda do Paraná e hoje nos temos esta oportunidade com o senador Alvaro Dias [Pode], Flavio Arns (Rede) e Professor Oriovisto (Pode), de criar uma agenda em defesa dos interesses do Paraná e não ficar em defesa de um partido político ou questões ideológicas, isso é muito bom", frisa o governador Ratinho Junior. 
O governador citou ainda o "bom ambiente" dentro a Assembleia Legislativa, com os deputados que já têm muita experiência e com a renovação que aconteceu. "Estou construindo uma agenda com os deputados federais que são importantes para abrir portas em Brasília com os ministros, mas acima de tudo uma agenda positiva com o setor produtivo do nosso estado, com o G7, com aqueles que geram riqueza, em cima dos interesses de desenvolver nosso estado, em especial, a geração de emprego", finaliza.