Economia

Grupo Philus anuncia investimentos na construção civil

O Grupo Philus irá expandir os negócios em Ponta Grossa e começará atuar no ramo da construção civil. A informação foi revelada pelo presidente do grupo, Marcus Borsato. Atualmente, quatro marcas fazem parte do grupo: a Ponta Grossa Ambiental, que é responsável pelos serviços de limpeza urbana da cidade; a Zero Resíduos, que é especializada em fornecer coleta e tratamentos dos resíduos sólidos; a Suprema Sistema Viários, que desenvolve tecnologias e produtos para mobilidade urbana e controle de trânsito; e a Philus Engenharia, que já atua no setor de construção elétrica e começará a investir na construção civil.

“Temos já um projeto em andamento nesse novo setor que começaremos a investir. Nós ainda não temos uma data certa para começar as operações da empresa, porque há algumas decisões e operações que não são controladas por nós. Então só posso adiantar que quando tivermos tudo certo, iremos divulgar quais serão os projetos e planos da empresa”, explica Borsato. No início do mês de novembro desse ano, o grupo adquiriu um terreno de 14 mil m² na região do bairro de Olarias. O empresário não revelou o que será feito o local.

O Grupo Philus comemorou 30 anos em operação no último dia 5 de dezembro. As quatro empresas empregam diretamente 600 funcionários e geram aproximadamente 750 empregos indiretos. A Ponta Grossa Ambiental, que faz parte do grupo, também está entre as maiores contribuintes no recolhimento do Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISSQN) de Ponta Grossa.

Inauguração

Durante a manhã de ontem (6), os diretores e funcionários do Grupo Philus inauguraram a nova área de convivência. O espaço será utilizado para que os colaboradores das empresas façam suas refeições no local e descansem, além disso, algumas áreas contam com mesas de jogos para quem quiser aproveitar para jogar durante o horário de almoço.

A área foi construída reaproveitando materiais que iriam para o descarte. “Conseguimos reutilizar muita coisa que seria jogada fora e virou móveis ou até mesmo paredes. O local também foi pensando para que fosse confortável e aconchegante. Usamos um sistema para que dentro da área a temperatura seja agradável e eles conseguissem efetivamente descansar”, revela o engenheiro responsável pela obra, André Tramontim.

Marcus Borsato é presidente do Grupo Philus (foto: José Aldinan)