Região

Hospital de Telêmaco Borba será referência para 200 mil pessoas, de sete municípios

(Foto: Divulgação)

O Hospital Regional de Telêmaco Borba será referência para o atendimento de cerca de 200 mil pessoas, de sete municípios da região. Nesta sexta-feira (21), a governadora Cida Borghetti esteve no local para conferir o cumprimento de todas as demandas necessárias para concluir a implantação da unidade. "É uma unidade importante, porque está dentro da estratégia do Estado na área da saúde que é garantir o atendimento o mais próximo possível do cidadão", disse Cida.

Aberto desde abril, o hospital oferta neste momento o ambulatório do programa Mãe Paranaense, com consultórios, sala de enfermagem e quartos. São cerca de 160 atendimentos por mês, de acordo com Domingos de Melo Trindade Guerra, presidente da Fundação Estatal de Atenção à Saúde (Funeas), que administra a unidade.

O avanço do funcionamento se dará em etapas. "Estamos com processo de credenciamento para incorporar parte do quadro clínico necessário, que deve ser finalizado ainda neste ano. Com isso, vamos operar a primeira fase do hospital, com atendimento materno-infantil, ativação de 25 leitos, 10 leitos de UTI e duas salas cirúrgicas", disse ele.

Quando entrar em pleno funcionamento, a unidade contará com 124 leitos, sendo 10 de UTI adulto, 10 UTI neonatal e 10 de unidade de cuidados intermediários neonatais (UCIN). "As gestantes não precisarão mais viajar quilômetros para serem atendidas", afirmou o diretor da 21ª Regional de Saúde, Edson Ferreira da Silva.

Energia

No dia 12 de setembro, a unidade recebeu a ligação de energia permanente, com a ativação da subestação, transformadores e gerador. Após a instalação, estão sendo realizados testes de equilíbrios de carga, dimensionamento, aterramento e distúrbios na rede para que possam ser ativados todos os equipamentos com segurança e qualidade.