Região

Hospital Regional de Telêmaco deverá ser inaugurado no início de 2017

Inaugurado em 2010, o Hospital Regional de Telêmaco Borba nunca funcionou por conta de problemas estruturais. Nova empresa contratada pelo Estado trabalha na construção do prédio da UTI

O impasse para a conclusão das obras do Hospital Regional de Telêmaco Borba, nos Campos Gerais, que se estende há cerca de seis anos, poderá ser solucionado em breve. Informações obtidas com a Secretaria Estadual de Saúde apontaram que a construção dos 20 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) - (10 neonatais e 10 adultos) do hospital - última fase para o término das obras - deverá ser concluída até o final deste ano. "A previsão é de que o hospital comece a funcionar no começo de 2017", informou a assessoria de comunicação da pasta.

Ainda de acordo com a Secretaria de Saúde, tão logo as obras sejam concluídas, o governo do Estado irá analisar de que forma irá contratar os profissionais para atuar no hospital. "Ainda está sendo visto se a melhor forma será via concurso público ou pela Fundação Estatal de Saúde. Adiantamos que vamos adotar o processo que seja mais ágil para que o hospital comece a funcionar o quanto antes", informou a Saúde.

O secretário municipal de Saúde de Telêmaco Borba, Cláudio de Souza, comenta sobre a importância de um hospital deste porte para o município. "Além dos pacientes de Telêmaco, ele também vai atender as outras cidades da região. Nós temos esta necessidade de que fique pronto logo para tentarmos desafogar o único hospital que temos aqui", disse.

Leia a matéria na íntegra na versão impressa deste final de semana.

Divulgação
Hospital está sendo readequado para atender 100% dos pacientes via Sistema Único de Saúde