Cidades

Importância da leitura no desenvolvimento infantil

O contato com os livros já na infância ajuda em diversos âmbitos do desenvolvimento da criança, como a fala e habilidades de comunicação

Três pilares são essenciais para incentivar à leitura no desenvolvimento infantil. A mediação do professor com o aluno, com a apresentação de bons textos que ajudam a despertar o gosto pela leitura e formar leitores ainda crianças; um acervo de qualidade nas escolas e a contação de histórias que ajuda no imaginário criativo da criança. O contato com os livros já na infância ajuda em diversos âmbitos do desenvolvimento, como a fala e habilidades de comunicação, que são fundamentais para o crescimento e manutenção de todas as relações ao longo da vida.

Contação de histórias ajuda no desenvolvimento do imaginário das crianças. (Foto: José Aldinan)

"O incentivo à leitura parte de um trabalho pedagógico dentro das escolas, onde os professores são orientados a trabalhar a leitura desde a educação infantil. Mesmo que a criança ainda não saiba ler, já desperta o gosto pela leitura ao ter contato com os livros nas salas de leitura que a escola oferece", explica Adriana Canavez, coordenadora de língua portuguesa da Secretaria de Educação de Ponta Grossa.

Já no ensino fundamental, o trabalho é realizado com a criança enquanto leitora, onde os alunos recebem livros para trabalhar em sala de aula, com boas histórias e bons textos. "A medida que a criança se apropria da leitura, começa a compreender melhor, faz análise do discurso e tem contato com os autores", diz Adriana.

A coordenadora dos projetos de leitura e contadora de histórias da Secretaria de Educação, Liz Ângela Gonçalves Almeida, comenta que as escolas municipais têm muitos livros que compõem o acervo e as crianças têm contato direto com as obras. "É importante que os livros sejam disponibilizados para que as crianças possam ler em casa e despertem ainda mais o hábito de leitura com a família", aponta.  

Bons textos apresentados por professores em sala para despertar o interesse da leitura. (Foto: José Aldinan)

As escolas também disponibilizam maletas para que os alunos levem os livros para a casa. "Na maleta contém livros infantis, além de revistas e jornais. Isso é para que toda a família desenvolva o hábito da leitura. Também incentivamos os pais para que venham até as escolas ler com os filhos", complementou Adriana.

Contação

Outro processo de incentivo à leitura na infância é a contação de histórias. Segundo Liz Ângela, a narração de uma história não forma leitores, mas incentiva para o despertar da leitura. "Depois da contação, nós mostramos o livro, a sua capa, falamos sobre os autores. E isso incentiva a criança a procurar esta obra para saber mais sobre a história que ouviu. Ela vão procurar detalhes que não foram explícitos no momento da contação de histórias", relatou.

A história contada, segundo a contadora, é uma arte milenar e transforma o imaginário de quem a escuta. "A contação de histórias pode ser feita até para bebês, com sons diferenciados. Existem histórias para serem lidas e histórias para serem contadas, por isso, sempre selecionamos bons livros", finalizou.

Confira em vídeo as atividades desenvolvidas nas escolas:

Imagens: José Aldinan