Esportes

Itamar Schülle é novo técnico do Fantasma

Em entrevista coletiva na tarde de ontem, treinador ressaltou objetivos e planos para a próxima temporada, ressaltando a importância do trabalho sério para 2015

 

Fábio Matavelli

"O futebol não vive de promessa, o futebol vive de trabalho"

A diretoria do Operário apresentou ontem a comissão técnica que vai ficar à frente da equipe em 2015. O catarinense Itamar Schülle é novo comandante do Fantasma, os auxiliares técnicos são Gerson Gusmão e Joel Preisner, preparador  físico, Carlos Alberto Bedin, preparador de goleiros, Osmar da Silva Pereira, fisioterapeuta, Jacks João Ziarescki Junior e o massagista Jeferson Lourenço da Silva.

 

Como treinador, Itamar já atuou em 22 clubes, do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, no Botafogo-PB  e em duas equipes do Paraná, Nacional (2003-2004) e no Rio Branco em 2007. Às principais conquistas do novo técnico estão o primeiro turno da Copa Santa Catarina, em 2011, Campeão do primeiro turno da Série C, em 2012. O último clube que Itamar comandou foi o Caxias -RS, na série C deste ano.

Segundo Itamar ele escolheu o Fantasma devido ao desafio que irá encontrar. "Quando apareceu esse convite eu tinha que escolher, eu olhei os desafios, eu acho que a vida é feita de disso, então aqui é um, de conquistar, de buscar e crescer junto com o Operário. Buscar aquilo, que talvez, o Operário já teve, mas que quer reconquistar novamente  uma vaga no cenário nacional. Eu não vim aqui falar de título eu sei que aqui todo mundo tem esse sonho, como eu também tenho", disse o técnico.

O técnico ressaltou que não faz nenhuma promessa ao torcedor alvinegro, mas a série D está entre os objetivos para 2015. "É um dos principais objetivos do Operário, sem dúvida, porque eu quero deixar claro que eu não vim aqui prometer nada, o futebol não vive de promessa, o futebol vive de trabalho, seriedade, então é isso que nós vamos fazer. Trabalhar muito sério para buscar o melhor aqui dentro. Claro que meu objetivo particular e da comissão técnica e de cada atleta que vai vir para cá vai ser buscar uma vaga na série D", conta.

Para que os objetivos sejam alcançados, Itamar ressalta que o trabalho será feito de forma gradual. "Acho que tudo a gente tem uma busca, essa é a nossa busca, também creio que é da direção e nós vamos trabalhar isso, gradativamente passo a passo para que a gente possa alcançar esse objetivo sim", ressalta Itamar.

Em relação aos jogadores, Itamar conta que deve indicar alguns jogadores, mas que não quer interferir no trabalho da diretoria do clube. "Vamos indicar alguns jogadores para a diretoria, que a gente conhece não só com aqueles que a gente trabalhou, para que a gente possa tentar fazer uma equipe competitiva em busca dos nossos sonhos", explica o treinador.