Find!

Já ouviu falar nos quartos montessorianos? Conheça esta tendência!

(Foto: Foto: Pinterest)

O conceito montessoriano foi criado no século XX pela médica e educadora italiana Maria Montessori. O objetivo de quem aplica um projeto baseado neste conceito é contribuir com o desenvolvimento das crianças, deixando que elas cresçam em um ambiente onde possam ter autonomia e liberdade para aprender, explorando o espaço à sua volta.

Para que isso seja possível, os quartos montessorianos possuem colchões no chão no lugar de camas, por exemplo, para que os pequenos possam se deitar e levantar sozinhos. Outro exemplo é a disposição dos brinquedos, que ficam em local de fácil acesso, em uma altura em que as crianças possam pegar e guardar quando quiserem, sem depender dos pais para isso.

“A ideia parte do princípio de que o quarto seja todo pensado justamente para bebês e crianças, não para os adultos. Sendo assim, quem deve se ajustar ao ambiente são os pais e não os pequenos. Elas crescem e se desenvolvem de forma muito mais independente, pois têm acesso à suas próprias coisas, sem depender de um adulto o tempo todo, seja para brincar ou desenvolver tarefas simples, como deitar para dormir”, explicam os profissionais da Pietá Interiores, Ayumi Mendes (arquiteta) e Arisson Souza (designer de interiores).

Eles explicam ainda que o método de Maria Montessori tem como objetivo final ajudar na criação de crianças mais autoconfiantes. “Trabalhando a questão da autonomia através do espaço onde elas vivem, as crianças crescem sabendo exatamente onde estão as suas coisas, decidem quando usá-las e também aprendem a guardá-las, trabalhando sempre a questão da independência e, consequentemente, melhorando sua autoconfiança”, finalizam.

Os quartos montessorianos contribuem com o desenvolvimento das crianças, pois elas têm acesso livre a todos os elementos do ambiente